ULTIMAS NOTICIAS

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Endocrinologista comenta cinturinha fina de Carol Magalhães

Quarta-feira, 14 de setembro de 2016
Segundo Pedro Assed, magreza excessiva pode comprometer o ciclo menstrual, afetar a fertilidade e causar aparecimento precoce da osteoporese.
Carol Magalhães e a cinturinha da discórdia (Foto: Reprodução / Instagram)
Não é de hoje que Carol Magalhães chama atenção - e causa polêmica entre seus seguidores - por conta do corpo sequinho. O caso mais recente foi nesta sexta-feira, 9, quando a musa fitness - que está curtindo alguns dias de férias nas Malvinas - mostrou a cinturinha (muito) fina em cliques na web.

Em outras ocasiões, a própria Carol jé enfrentou os haters. "Agradeço as críticas e os elogios. Mas eu amo ser magra, ok? E vocês? Gostam do que veem no espelho? Pois é, isso que importa! Quanto à minha saúde, ela está 100%", disse ela recentemente.

Para quem ainda assim ficou com um pé atrás ao analisar a magreza da moça, conversamos com o médico Pedro Assed, mestre em endocrinologia pela UFRJ e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, para tirar algumas dúvidas.

Em primeiro lugar, a dúvida de boa parte da galera: é normal essa cintura? "Normalmente, os médicos têm um referencial de cintura quanto ao limite superior, ou seja, tem-se um padrão que vai até 88 centímetros no caso das mulheres brasileiras. Não existe uma medida mínima considerável como saudável", diz o médico, frisando que não é possível afirmar se alguém está ou não com saúde apenas pela medida da cintura.

Ainda assim, há alguns perigos de se manter magra demais - que fique claro que estamos nos referindo a casos de magreza extrema. "Pode haver o comprometimento do ciclo menstrual, pois o organismo feminino, para se adaptar ao extremo baixo peso, suspende a menstruação e, com isso, também deixa de ovular, comprometendo a fertilidade. Outro distúrbio causado pelo extremo baixo peso é o aparecimento precoce de osteoporose em pacientes com idade jovem, acarretado pela desmineralização óssea continua", explica o médico.
Carol Magalhães (Foto: Reprodução / Instagram)



Victor Hugo Camara
Do EGO, no Rio

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T