ULTIMAS NOTICIAS

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Está sem vontade de fazer sexo? Veja o que pode ser e como tratar

Quinta-feira, 12 de janeiro de 2017
Parceiro perfeito…amor…clima de chuva lá fora. Parece uma noite perfeita para uma boa noite de sexo. Mas a única vontade que você tem é de virar de lado e dormir. Essa situação tem sido comum na sua vida? Pode ser perda de libido, ou seja, falta de desejo sexual.
A ginecologista e obstetra Maria Elisa Noriler explicou que há duas causas para a perda da libido: problemas orgânicos (físicos) ou emocionais. E pode acreditar que 40% das mulheres jovens (até 40 anos) perdem o desejo sexual por causas psicológicas.

— Primeiro verificamos se há alguma causa orgânica, como falta de lubrificação, má-formação na estrutura física da vagina, alterações hormonais, disfunção de tireoide, por exemplo. Primeiro, descartamos tudo isso com exames. Mas o mais comum em pacientes jovens é causa não-orgânica, como estresse, cansaço, sobrecarga de trabalho, educação sexual na infância muito rígida. Todos esses são alguns dos motivos que podem levar à perda do desejo.

Diferentemente do homem, a mulher não é uma “máquina” em que se liga e desliga o botão para ter relação sexual. O lado psicológico tem um peso enorme para a mulher.

— A vida moderna das grandes cidades em que a mulher tem muitas obrigações impacta negativamente na sexualidade. Ela tem tantas atividades que ela não consegue ter tempo para si mesma, para conversar com o parceiro, para se conhecer. Ela acaba fazendo sexo como algo mecânico para satisfazer apenas ao parceiro, e não a si mesma.

A falta de relação sexual pode trazer até consequências para a vida profissional. Além disso, pode provocar crise no relacionamento, disse a ginecologista.

— Muitas mulheres que perderam a libido relatam que ficam mais irritadas. O sexo é como a ginástica. Depois do orgasmo, por exemplo, o corpo libera substâncias de prazer. Já no relacionamento, a falta de sexo afeta tudo. E, geralmente, quando ela procura ajuda é porque o relacionamento já não está bom, muitos casais até já estão à beira da separação.

Apesar das dificuldades,fique tranquilo, pois em ambas as causas há tratamento. Maria explica que, quando o problema é físico, é até mais fácil de tratar. A dificuldade torna-se maior quando a causa é psicológica.

— Muitas pacientes não aceitam que o problema é de fundo emocional, mesmo você mostrando que os exames estão normais. Nesse caso, o tratamento é feito com psicoterapia e com medicamentos que estimulam o hipotálamo [área responsável pelos desejos].

Se você se identificou com esse texto, saiba que o primeiro passo é buscar ajuda médica. Além disso, a ginecologista deu dicas preciosas para ajudar:

— Faça atividade física de 40 minutos a 1 hora, três vezes por semana. Isso ajuda muito, pois libera substâncias que dão prazer. Além disso, mantenha o diálogo sempre aberto com seu parceiro, mostrando o que mais te agrada, quais são suas áreas erógenas. Isso é muito importante!

Ah, saiba também que quantidades de vezes que se faz sexo na semana não é medida suficiente para determinar ou não falta de desejo sexual.

— O importante é se sentir bem. Se ela faz uma vez por semana ou a cada quinze dias e está satisfeita, está tudo certo.



FONTE: R7

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T