ULTIMAS NOTICIAS

domingo, 23 de abril de 2017

Fluminense 'esquece' vantagem, atropela Vasco no Maracanã e está na final do Carioca

Domingo, 23 de abril de 2017
O atacante Richarlison comemora o primeiro gol do Fluminense contra o Vasco, no Maracanã
Abel Braga tinha prometido um Fluminense ofensivo diante do Vasco e cumpriu. O time das Laranjeiras massacrou a equipe cruzmaltina e venceu por 3 a 0, no Maracanã, na noite deste sábado, avançando assim para a final do Campeonato Carioca.

equipe tricolor tinha a vantagem de jogar pelo empate, mas atuou como se realmente precisasse vencer. Já o Vasco tentou jogar nos contra-ataques e, mesmo quando ficou em desvantagem, continuou refém do domínio do adversário, no Maracanã.

Os gols foram todos no segundo tempo. O atacante Richarlison abriu o placar aos 5 minutos. Aos 10, o também atacante Wellington Silva ampliou. O lateral Léo fez o terceiro, aos 26. A torcida tricolor aproveitou para fazer a festa e até gritou "Olé".

A partida entre eles foi praticamente um tira-teima no Estadual. Isso porque o Fluminense ganhou o primeiro turno (Taça Guanabara) e o Vasco, o segundo (Taça Rio).

Classificado à final, o Fluminense agora espera para conhecer o adversário. Neste domingo, Botafogo e Flamengo vão se enfrentar no Maracanã, às 16h (de Brasília).

A final do Campeonato Carioca acontecerá nos próximos dois domingos, mas o local das partidas ainda será decidido pela Federação do Rio. O regulamento do torneio estabelece que os clássicos devem ser realizados no Maracanã ou no Nilton Santos.

Eliminado, o Vasco terá 21 dias sem compromissos oficiais (também já foi eliminado da Copa do Brasil) até a estreia no Campeonato Brasileiro contra o Palmeiras, em 14 de maio. Foi o primeiro revés do time sob o comando de Milton Mendes, que somava quatro vitórias e dois empates desde que substituiu Cristóvão Borges

Pelo empate?
Apesar de ter a vantagem do empate, o Fluminense foi fiel ao seu modelo de jogo e atacou o Vasco desde os primeiros minutos. Finalizou oito vezes, sendo que em três delas acertou a meta vascaína, parando em defesas do goleiro Martín Silva.

O Fluminense ainda trocou 201 passes, tendo acertado 125 e errado apenas 26. Teve 57,3% de posse de bola. Cometeu 12 faltas e conseguiu nove desarmes.

Já o Vasco jogou nos contra-ataques, o que não significa que não tenha levado perigo à meta defendida por Diego Cavalieri. Foram cinco finalizações, com uma no alvo.

Trocou menos passes: 116, com 99 certos e 17 errados. Cometeu oito faltas e fez sete desarmes certos. A verdade é que o jogo foi mais no campo de defesa vascaíno.
Nenê lamenta eliminação do Vasco na semifinal do Campeonato Carioca

Pênalti
O Fluminense ainda teve motivos para reclamar nos primeiros 45 minutos.

Aos 10, o time tricolor teve um pênalti a favor ignorado pela arbitragem. No lance, Wellington Silva invadiu a área, ficou em condições de finalizar, mas foi derrubado em dupla intervenção de Douglas e Jean. Ao cair, ele reclamou, mas a arbitragem nada assinalou.

"Não me joguei. Até adiantei a bola, mas quando tirei ele [Douglas] me chutou. Mas foi decisão do árbitro", disse Wellington Silva ao SporTV.

Finalmente gols
A partida foi boa no primeiro tempo, mas não teve gols. No segundo tempo, no entanto, eles saíram para alegria do lado tricolor do estádio.

Aos 5, Júnior Sormoza cobrou falta no campo do ataque. Dentro da área, Richarlison desviou de cabeça. Martín Silva espalmou, mas no rebote o atacante marcou.

Cinco minutos depois O lateral Lucas aplicou um chapéu em Jean e cruzou para Wellington Silva. O atacante finalizou de letra por baixo das pernas de Martín Silva. Golaço!

Aos 15, não teve gol, mas teve lance importante para o desfecho do clássico. Na ponta-direita, Wellington Silva fez bonita jogada e driblou Nenê e Douglas, mas este último acabou derrubando o rival com força e recebeu o cartão vermelho.

O Fluminense continuou pressionando e fez o terceiro aos 26. Novamente com assistência de Sormoza. Ele cobrou falta da ponta-esquerda e Léo desviou de cabeça.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 3 X 0 VASCO
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 de abril de 2017 (Sábado)
Horário: 19h (de Brasília)
Renda: R$ 832.320,00
Público: 23.564 pagantes
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Diego Luiz Couto Barcelos (RJ)
Cartões amarelos: Jean, Henrique, Nenê (Vasco); Lucas (Flu)
Cartão vermelho: Douglas (Vasco)
Gols: FLUMINENSE: Richarlison, aos 5, Wellington Silva, aos 10, e Léo, aos 26 min do 2º tempo

FLUMINENSE:
Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique (Manga Escobar) e Léo;
Jefferson Orejuela, Wendel (Lucas Fernandes) e Junior Sornoza; Wellington Silva (Marcos
Junior), Richarlison e Pedro (Marquinho). Técnico: Abel Braga

VASCO:
Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Guilherme, Nenê e Yago Pikachu (Thalles); Luis Fabiano (Wagner). Técnico: Milton Mendes.



ESPN

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T