ULTIMAS NOTICIAS

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Grêmio vence e assume 1º lugar no Brasileirão

Segunda-feira, 22 de maio de 2017
Barrios foi o destaque da partida


O Grêmio é líder e 100% no Brasileirão. Com a vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 0 na Arena da Baixada, nesse domingo, com gols de Luan e Lucas Barrios, o time de Renato Portaluppi chegou a seis pontos na tabela e supera o Fluminense no saldo de gols. O próximo jogo será na quinta-feira, contra o Zamora-VEN, na Arena, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

Repetindo o mesmo time que venceu no meio da semana, o Grêmio não se assombrou com o gramado sintético da Arena da Baixada. Afinal, na última vez que jogou no estádio, na Copa do Brasil do ano passado, venceu o Atlético-PR na partida de ida das oitavas de final. Além disso, o time de Renato também treinou em campo artificial, em Curitiba, um dia antes do jogo.

Mas, ainda que tivesse mais posse de bola, trocando passes na intermediária, o Grêmio não conseguia criar chances efetivas. Tanto que a primeira chegada foi do Atlético-PR, aos seis minutos, com Carlos Alberto, que esbanjava confiança após marcar o gol que classificou a equipe paranaense para a próxima fase da Libertadores.

No minuto seguinte, o Grêmio respondeu em jogada de bola parada: Luan cobrou falta na área e Geromel cabeceou por cima.

Ainda assim, as duplas de zaga levavam vantagem sobre os atacantes nos dois lados do campo. Quando o Atlético-PR se lançava à frente, as triangulações de Carlos Alberto, Pablo e Nikão esbarravam em Geromel e Kannemann. O mesmo ocorria com Pedro Rocha, Luan e Barrios, que não conseguiam superar Paulo André e Thiago Heleno.

Assim, o jogo se resumia à disputa por bola na intermediária e jogadas de ligação direta. O lance de maior polêmica da primeira etapa ocorreu aos 35 minutos, quando Matheus Rossetto finalizou da entrada da área e a bola explodiu no braço esquerdo de Kannemann. A arbitragem, no entanto, por considerar que o zagueiro estava com o braço junto ao corpo, não marcou pênalti.

Ao 38, Pedro Rocha tentou conclusão, mas Weverton defendeu sem dificuldades. O primeiro tempo foi de pouca qualidade.

Depois do intervalo, os dois times acordaram. Mas quem abriu o placar foi o Grêmio. Com um minuto de jogo, Arthur deu belo lançamento para Ramiro, dentro da área, que desviou para Barrios ajeitar a Luan: o camisa 7, que não marcava há seis jogos, encheu o pé esquerdo e mandou no ângulo de Weverton: 1 a 0.

O Atlético-PR tentou reagir após o gol. Aos quatro minutos, Pablo fez boa jogada pela direita e cruzou para Eduardo da Silva cabecear por cima. Depois, Sidcley cruzou direto para o gol e Grohe subiu alto para fazer a defesa.

Mas o Grêmio tinha Ramiro. E foi dos pé direito dele que surgiu o segundo gol. Aos 13 minutos, após receber de Luan na ponta direita, o meia cruzou para Barrios, que desviou no canto de Weverton para marcar seu décimo gol com a camisa tricolor.

O terceiro quase veio com Pedro Rocha. Aos 27, Luan deixou o atacante livre na área, mas a conclusão, como de costume, foi em cima do goleiro.

O Atlético passou a pressionar o Grêmio nos minutos finais. E isso ocorreu graças a Marcelo Grohe, que recebeu o segundo amarelo por retardar a cobrança do tiro de meta e foi expulso. Assim, Renato teve de sacar Lucas Barrios e mandar o goleiro Léo Jardim a campo para assumir a meta.

Com um jogador a mais, o time paranaense teve três chances perigosas ao final do jogo. Aos 35, Otávio concluiu com perigo, perto do ângulo de Léo. Aos 37, a sobra foi de Nikão dentro da área, mas o jovem goleiro gremista salvou mais uma vez. Aos 38, foi a vez de Geromel desviar arremate de Douglas Coutinho e salvar o Grêmio. Mas a pressão paranaense não surtiu efeito: o Grêmio é 100% no Brasileirão.



Zero Hora

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T