ULTIMAS NOTICIAS

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

CR7 decide, Real vence o PSG por 3 a 1 e sai na frente por vaga nas quartas da Champions


Quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018
Cristiano Ronaldo comemora o seu segundo gol na partida Foto: PAUL HANNA / REUTERS
Eram 12 títulos continentais contra nenhum, mas Real Madrid e Paris Saint-Germain estiveram durante boa parte do jogo desta quarta-feira com os papéis invertidos: o maior na berlinda, o menor, em posição superior. O que não se pode esquecer no futebol é que camisa joga, ainda mais quando ela é pesada como a dos merengues. Com dois gols em três minutos, a equipe de Zidane venceu por 3 a 1 e garantiu o reestabelecimento da ordem, pelo menos até a partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

No próximo dia 6, as duas equipes voltarão a se enfrentar e o PSG terá mais uma chance para mostrar que seu poderio financeiro é capaz de suprir sua falta de tradição. Depois desta quarta, essa tarefa ficou mais difícil, e o time terá de vencer no Parc des Princes com dois gols de vantagem para se classificar. O empate dará a vaga nas quartas de final para o Real Madrid.
Neymar teve atuação discreta. Foto: Gabriel Bouys / AFP


Na construção de uma áurea vencedora, o que os espanhóis possuem de sobra, o Paris Saint-Germain necessariamente precisa contar mais com a sorte. Ela sempre sorri para os grandes, e foi com ela que o Real Madrid transformou o empate equilibrado em uma boa vitória. O jogo estava 1 a 1 quando, aos 38 minutos do segundo tempo, Aréola cortou o cruzamento em cima de Cristiano Ronaldo. A bola bateu na coxa do português e entrou.

Em seguida, aos 41, depois de grande jogada, a bola foi cruzada para Marcelo, que apesar de ter sido o melhor jogador do Real Madrid em campo, deu literalmente de canela justamente no lance mais importante do jogo. Mas mesmo com a finalização errada, escreveu 3 a 1 no placar para o Real Madrid.

Antes de a camisa branca pesar, o Paris Saint-Germain era quem sorria. Abriu o placar com Rabiot, aos 33 minutos do primeiro tempo, e mesmo com o empate do Real, com Cristiano Ronaldo, aos 44 antes do intervalo, parecia ter a partida sob controle. Parecia.
CR7 e Neymar se cumprimentam. Foto: Gabriel Bouys / AFP
A quarta-feira foi de show do Liverpool em Portugal. Sem tomar conhecimento do Porto, dono da casa, os Reds aplicaram uma goleada daquelas (5 a 0) e ficaram muito perto das quartas da Liga dos Campeões. Sadio Mane foi o destaque com três gols. Salah, com um gol de placa, e o brasileiro Roberto Firmino completaram o placar.

— O placar foi elástico porque soubemos construí-lo e não desistimos de atacar. Conseguimos uma vantagem considerável, mas falta fazermos um bom papel também na nossa casa para seguirmos adiante — disse Firmino após o jogo.

Para se classificar sem precisar de prorrogação, o Porto precisará vencer por, no mínimo, 6 a 1, no Anfield Road.

A belíssima atuação do Liverpool faz Firmino acreditar que os Reds possam chegar bem mais longe na competição continental.

— Temos condições de ir mais longe e continuar na briga pelo título pela qualidade do nosso elenco e do nosso treinador. Mas com os pés no chão, pensando jogo a jogo, como tem sido até aqui — finalizou.

Liverpool e Porto voltam a se enfrentar no dia 6 de março, na Inglaterra.



EXTRA

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T