ULTIMAS NOTICIAS

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Juiz mantém prisão de pais de bebê de 9 meses que morreu após ter sido estuprada na PB


Quarta-feira, 05 de junho de 2019
Bebê de 9 meses morreu após convulsão e laudo mostrou que vítima foi estuprada um dia antes.
Casal foi preso após bebê de 9 meses morrer e estupro ser confirmado na Paraíba — Foto: Wellison Vagner/Polícia Civil
O juiz Adilson Fabrício Gomes Filho decidiu manter a prisão preventiva dos pais de uma bebê de 9 meses de vida que morreu após ter sido estuprada na Paraíba. O casal Ana Graciele Nascimento Lucena e Francisco Fagner Lucena foi preso na última quinta-feira (30). O pai é suspeito do estupro e a mãe suspeita de ser conivente aos abusos.

Com a decisão, o Francisco Fagner Lucena foi encaminhado para o presídio Geraldo Beltrão, em João Pessoa. Já a mãe Ana Graciele Nascimento foi encaminhada para o presídio Júlio Maranhão, também na capital paraibana.

A audiência aconteceu nesta terça-feira (4), em João Pessoa, depois de sido adiada na segunda-feira (3). O casal foi preso em Soledade, no Seridó do estado, mas está em unidades prisionais da capital paraibana depois de terem sido transferidos da Cadeia Pública de Soledade, por questões de segurança.

A menina de 9 meses morreu na noite da última quarta-feira (29) após sofrer uma convulsão em um restaurante na cidade de Soledade, no Seridó paraibano, quando estava com a mãe e voltando para casa na cidade de São José do Sabugi, no Sertão paraibano. A criança foi levada para o Hospital de Soledade, mas morreu. O médico que atendeu a menina percebeu que ela estava com ferimentos graves nos ânus e acionou a Polícia Militar.

O corpo da menina foi levado para exames no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, onde um laudo confirmou que ela havia sido estuprada um dia antes de morrer. A Polícia Civil conduziu o pai e a mãe para a delegacia de Soledade.

Durante o depoimento a mãe Ana Graciele contou que havia se separado de Francisco Fagner há 7 meses e que já vivia em união estável com outra mulher, mas que o pai tinha contato íntimo com a filha. Ana Graciele também disse que Francisco já teria tentado estuprar a mãe dela.





Por Artur Lira, G1 PB

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T