ULTIMAS NOTICIAS

POLITICA

ESPORTES

Mais Noticias

sábado, 3 de dezembro de 2016

Comissário da Lamia é primeiro sobrevivente de acidente a receber alta médica

Sábado, 03 de dezembro de 2016
O comissário boliviano Erwin Tumiri, um dos sobreviventes do acidente da LaMia, recebeu alta nesta sexta-feira (2) do hospital. O estado de saúde dos quatro brasileiros que estão internados apresenta melhoras.

O lateral Alan Ruschel foi transferido de ambulância da Clínica Somer no meio da tarde. Ele saiu em meio a um tumulto de jornalistas, acompanhado pela noiva, Marina, e pelo médico da CBF, Fernando Solera. Alan passou por uma cirurgia na coluna, mas vem apresentando melhoras.

“Ele está mais equilibrado. Vai começar a se pensar na retirada de sedação e do tubo. Nós o examinamos. Apresenta movimentação nos membros inferiores. Não dá pra gente quantificar, mas ele realmente tem, obedecendo ordens”, disse o neurocirurgião Jorge Pagura.

Ele foi levado para o Hospital San Vincent, para onde também foi transferido, durante a madrugada, o jornalista Rafael Haenzell. Ele tem costelas quebradas e ainda apresenta dificuldades respiratórias, mas evoluindo.

É o mesmo hospital onde está Jackson Follman. Na quinta-feira (1º), o goleiro passou por uma cirurgia na perna esquerda e foi descartada a amputação. O boletim médico também foi otimista em relação às lesões da perna amputada abaixo do joelho. Elas melhoram a cada dia.

Os médicos da CBF também querem transferir o zagueiro Neto do Hospital San Juan de Dios ainda nesta sexta-feira (2). Como a remoção é longa, vai depender da estabilidade do paciente.

“Nós vamos para uma estrutura de maior qualidade, um pouco maior. E por uma questão de logística. Precisamos ter todos próximos”, explicou o médico Fernando Solera, da CBF.

Numa rede social, na manhã desta sexta, o pai do zagueiro Neto escreveu: “Bom dia, amigos. As notícias, cada vez mais, nos dão esperança e alimentam nossa fé. Pedimos que continuem as orações, inclusive para os outros sobreviventes e aos familiares dos que se foram. Meu filho está cada vez melhor. Acaba de fazer cirurgia na perna e médicos afirmam que voltará ao futebol”.

Em entrevista ao Globoesporte.com, o policial que participou das operações de resgate diz que não sabe descrever a emoção que sentiu ao localizar o zagueiro.

“Com certeza, me encantaria ver o Neto mais uma vez. Diria a ele que é um guerreiro de Deus. Um guerreiro que lutou pela vida por mais de dez horas”, disse.

A polícia de Antioquia, na Colômbia, divulgou nesta sexta um vídeo que mostra o resgate do técnico de avião Erwin Tumiri, um dos dois tripulantes bolivianos que sobreviveram ao acidente.

Erwin Tumiri já aparece coberto com uma capa da Polícia Nacional da Colômbia. O policial pergunta se dói o estômago. O sobrevivente diz que não, só os braços e a coluna.

Erwin pergunta por Alex – ele se refere Alex Quispe, um dos tripulantes mortos. Erwin também grita o nome de Angel, Angel Lugo, engenheiro venezuelano que também morreu. Então, o policial pede que o técnico de avião se acalme. Chorando, Erwin lamenta: “Minha tripulação!”.

O policial tenta acalmar o boliviano: “Não se preocupe, porque estamos aqui para te ajudar, e a seus amigos também”.

Depois de tanto sofrimento, a melhor notícia do dia: o comissário boliviano foi o primeiro sobrevivente a receber alta. Ela estava no sexto andar da Clínica Somer, ao lado da outra comissária, Ximena Suárez. Erwin saiu no fim da tarde, numa cadeira de rodas, mas só por exigência do hospital. Ele está andando normalmente. Apenas um protetor de pescoço revelava que ele havia passado por algum problema. No mais, nenhuma cicatriz aparente, em um dos momentos mais gratificantes dessa cobertura.

Ximena Suárez também recebeu boas notícias. Segundo os médicos, ela deve ter alta no sábado. Na madrugada desta sexta ela fez um desabafo, também numa rede social. Disse que não consegue explicar a dor que sente. E escreveu aos companheiros de tripulação: “Voem alto, que quando chegar o meu momento, eu os alcançarei”.



Fonte: O Sul

Epidemias de zika e chikungunya serão mais fortes em 2017

Sábado, 03 de dezembro de 2016
Ao participar hoje (1º) do 2 º Seminário Dengue, Chikungunya e Zika: Desafios na Atenção à Saúde na Chikungunya, no auditório da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), em Manguinhos, no Rio, o diretor regional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio, disse que epidemias das doenças zika e chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, serão ainda maiores no verão de 2016/2017 do que foram na última temporada.

Segundo o pesquisador, que é especialista em medicina tropical, o número de casos este ano já subiu significativamente em relação ao ano passado.

“Em 2015, foram identificados 38 mil casos de zika e de chikunguya. Neste ano, o número subiu impressionantemente para 255 mil. Só o estado do Rio já teve mais de 15 mil casos da doença até o mês de outubro. Claro que durante os meses em que o calor foi menor e com menos chuvas, a velocidade da transmissão diminuiu, mas agora estamos prestes a entrar no verão. E com ele, voltam as altas temperaturas e as chuvas intensas, que são condições mais do que ideais para a proliferação da doença. Como ainda não combatemos esses vírus da maneira adequada, uma epidemia ainda maior se anuncia para os próximos meses”, disse.

O objetivo do encontro é discutir uma proposta para capacitação de profissionais da área de saúde na abordagem das três doenças. Venâncio disse que os profissionais de saúde, embora sejam capacitados, precisam de uma atualização em seus conhecimentos para saber lidar melhor com este cenário de novas doenças.

De acordo com Venâncio, a transmissão da febre do Mayaro, doença infecciosa aguda causada por vírus, que provoca sintomas semelhantes aos da chikungunya, pelo Aedes aegypti ainda não pode ser confirmada. O pesquisador explicou que o vírus é transmitido majoritariamente por mosquitos silvestres, conhecidos como Haemagogus.

“Isto é, de áreas rurais, de matas e etc. O que houve foi que, em estudos preliminares, foi constatado um potencial do Aedes como vetor do vírus. Esses estudos ainda precisam passar por aprofundamento. A preocupação é com o que chamamos de tríplice epidemia: dengue, zika e chikungunya. Claro que o Rio de Janeiro, por ter a peculiaridade de possuir uma fatia da Mata Atlântica, misturada ao seu espaço urbano, poderia apresentar a presença do Haemagogus, mas isso é algo que também precisa ser analisado com maior cuidado”, afirmou o diretor..

“Nem o sistema público e o privado estão preparados para essa epidemia. Especialmente a zika e a chikungunya que, diferentemente da dengue, exigem uma abordagem multiprofissional. Claro que temos profissionais altamente capacitados, mas há a necessidade da atualização de seus conhecimentos para o manejo clínico, seja com cursos de capacitação na área ou alguma outra ideia. Isso que será discutido aqui ao longo de hoje e amanhã”.



EBC

Colecionador diz ter achado fotos da esposa de Hitler nua

Sábado, 03 de dezembro de 2016
Para colecionador e antiquário, não há dúvida: trata-se de Eva Braun | Reprodução/Bild
Calcinha de Eva leiloada na Inglaterra | Reprodução da internet
O colecionador austríaco Bernard S. disse ter encontrado imagens raríssimas. Nelas, Eva Braun, a esposa de Adolf Hitler, aparece nua. O austríaco comprou as fotos do antiquário Stefan Kreuzmayr.

"Uma mulher veio à minha loja nove anos atrás. Ela trazia uma caixa com fotos. Ela tinha achado as imagens em um sótão e pensava que, em duas delas, aparecia Eva Braun", disse Stefan ao jornal "Bild", de Berlim (Alemanha).

Stefan não teve dúvidas ao encontrar na parte de trás das fotos o nome "Eva Braun". O comprador concorda.

"Estudei todas as fotos de Eva e não tenho dúvida de que seja ela", comentou Bernard.

De acordo com o colecionador, Guido Freiherr von Zobel Giebelstadt Darmstadt, um renomado historiador militar, identificou a mulher nua nas fotos como Eva. O "Daily Mail" procurou Darmstadt, mas ele morreu em fevereiro.

Eva e Hitler se suicidaram em um bunker nos arredores de Berlim, em 1945, quando as tropas dos Aliados estavam prestes a tomar a capital alemã.
Para colecionador e antiquário, não há dúvida: trata-se de Eva Braun | Reprodução/Bild



POR FERNANDO MOREIRA / O GLOBO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Veja: Irina Shayk esbanja sensualidade em vídeo picante de Natal; assista

Sábado, 03 de dezembro de 2016
Irina Shayk (Foto: LOVE/Reprodução)
Uau! Irina Shayk mostrou sua porção mais sexy em um novo vídeo picante de Natal. Uma das estrelas do advent calendar da Love Magazine, a top russa aparece se lambuzando enquanto faz uma escultura de argila nas cenas do fashion film divulgado nesta sexta-feira (02.12) pela stylist Katie Grand.

Em meio a especulações de que estaria esperando o seu primeiro filho com Bradley Cooper, Irina exibe suas curvas em um top com decote explosivo e camisa. Aperte o play!

Todas as fotos de Irina Shayk  são de (LOVE/Reprodução):





Agora veja o vídeo:


VOGUE

Cinco dias após título, Rosberg anuncia aposentadoria da Fórmula 1

Sábado, 03 de dezembro de 2016
O anúncio foi feito durante premiação da FIA
Menos de uma semana após conquistar pela primeira vez o título mundial da Fórmula 1, Nico Rosberg surpreendeu o mundo do automobilismo nesta sexta-feira ao anunciar sua aposentadoria da categoria, aos 31 anos. O inesperado anúncio aconteceu em entrevista coletiva durante a premiação da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em Viena, na Áustria, onde o alemão da Mercedes receberá a taça pela conquista da temporada 2016.

- Para mim é um dia muito especial receber o troféu. Esta noite será incrível, mas por outra razão. Quero aproveitar a oportunidade para anunciar o fim da minha carreira na F1 - revelou.

É a segunda vez na história da Fórmula 1 que um piloto se aposentou da categoria logo após conquistar seu primeiro título. O outro foi o britânico Mike Hawthorn, campeão de 1958. O último que deixou as pistas após ser campeão foi o francês Alain Prost, dono de quatro títulos (1985, 1986, 1989 e 1993).

O bombástico anúncio de Rosberg reaquece o mercado da F1 para 2017 ao abrir a "vaga dos sonhos", na Mercedes. Havia somente três cockpits disponíveis até então, dois na Manor e u na Sauber. Pascal Wehrlein (Manor) e Valtteri Bottas (Williams) são os mais cotados para a cobiçadíssima vaga na melhor equipe do grid nas últimas três temporadas. A reviravolta pode ajudar também Felipe Nasr a conseguir uma vaga em uma equipe melhor na F1.

Rosberg garantiu a taça no GP de Abu Dhabi no último domingo, dia 26 de novembro. Em julho deste ano, o piloto alemão havia renovado seu contrato com a equipe Mercedes até o fim de 2018. No entanto, ele explicou que alcançar seu sonho de vida, ser campeão, nesta temporada foi um dos principais fatores que o fizeram se retirar das pistas precocemente.

- É difícil explicar. Desde que eu comecei, quando tinha seis anos, eu tinha um sonho muito claro, e este sonho era ser campeão mundial de F1. Agora, atingi isso. Eu coloquei tudo que tinha nisso durante 25 anos nas corridas. E com a ajuda de todos ao meu redor, meus fãs, minha equipe, minha família e meus amigos, eu consegui alcançá-lo este ano. Foi uma experiência incrível para mim, que lembrarei para sempre. Ao mesmo tempo, foi um período muito difícil. Perder para Lewis Hamilton nos dois últimos anos foi extremamente difícil para mim. Isso deu um combustível em minha motivação de um modo que eu sequer sabia que seria possível reagir para alcançar, enfim, meu sonho - explicou Nico.

Em um post em suas redes sociais, Rosberg revelou que tomou a decisão na noite da última segunda-feira, um dia depois de se tornar campeão mundial. Ele conta que comunicou sua ideia primeiramente à esposa Vivian Sibold, com quem tem uma filha de um ano, e a Toto Wolff, chefe da equipe Mercedes.

- Escalei minha montanha e estou no topo. Sinto-me bem agora. Meu maior sentimento no momento é de gratidão àqueles que sempre me apoiaram para que esse sonho se tornasse realidade. Na manhã de domingo, em Abu Dhabi, eu sabia que aquela poderia ser minha última corrida na F1, e aquele pensamento deixou meus pensamentos mais claros. Eu queria aproveitar toda aquela experiência, já que sabia que poderia ser a última... E aí as luzes vermelhas apagaram e eu tive as 55 voltas mais intensas de toda a minha vida. Tomei a decisão na noite de segunda. Depois de refletir durante todo o dia, as primeiras pessoas que falei foram Viviam, Georg (Nolte, da equipe de Nico) e Toto - revelou.

Filho do também campeão Keke Rosberg, Nico nasceu em 1985 na cidade alemã de Wiesbaden. Ele estreou na F1 em 2006 pela Williams, equipe que defendeu até 2009. Em 2010, mudou-se para a Mercedes, apostando no projeto da montadora alemã de retornar à categoria como equipe própria. Desbancando o badalado companheiro de equipe Michael Schumacher com frequência, alcançou a primeira vitória do time e sua primeira na carreira em 2010. A partir de 2013, teve a forte concorrência de Lewis Hamilton. Em 2014 e 2015, com a escuderia assumindo o papel de soberana na F1, acabou vendo o britânico levar a melhor e ficar com os títulos, enquanto foi vice nas duas ocasiões. Em 2016, porém, reagiu e alcançou a conquista inédita. Em 11 temporadas, disputou 206 GPs e somou 23 vitórias, 30 poles, 20 voltas mais rápidas e 57 pódios.

Confira o post completo:
" Há 25 anos disputando corridas, meu sonho, meu maior desejo, sempre foi ser campeão de Fórmula 1. Através de trabalho duro, dor e sacrifícios, isso tem sido meu objetivo. E agora eu consegui! Escalei minha montanha e estou no topo. Sinto-me bem agora. Meu maior sentimento no momento é de gratidão àqueles que sempre me apoiaram para que esse sonho se tornasse realidade.

Essa temporada, eu lhes digo, foi muito complicada. Eu dei o meu máximo em cada pequeno detalhe depois das frustrações dos últimos dois anos; estes momentos serviram de combustível para aumentar minha motivação em níveis que jamais havia experimentado. E claro que isso acabou impactando aqueles que amo. Foi um sacrifício familiar, deixando tudo para trás em detrimento de um único objetivo. Eu não consigo achar palavras suficientes para agradecer minha esposa Vivian; ela tem sido incrível. Ela entendeu que este era “o ano”, nossa oportunidade real, e criou um ambiente para que eu me recuperasse após cada corrida, cuidando da nossa filha todas as noites, e assumindo as rédeas de tudo quando a situação apertava, colocando nosso campeonato à frente.

Quando venci em Suzuka, momento em que o título ficou nas minhas mãos, uma pressão gigante, eu comecei a pensar em encerrar minha carreira se fosse campeão. Na manhã de domingo, em Abu Dhabi, eu sabia que aquela poderia ser minha última corrida na F1, e aquele pensamento deixou meus pensamentos mais claros. Eu queria aproveitar toda aquela experiência, já que sabia que poderia ser a última... E aí as luzes vermelhas apagaram e eu tive as 55 voltas mais intensas de toda a minha vida. Tomei a decisão na noite de segunda. Depois de refletir durante todo o dia, as primeiras pessoas que falei foram Viviam, Georg (Nolte, da equipe de Nico) e Toto.

A única coisa que tornou minha decisão difícil foi o fato de colocar meu time em uma situação complicada. Mas o Toto entendeu. Ele sabia de cara que eu estava completamente certo da minha decisão. Minha maior conquista no automobilismo sempre será ter vencido um Campeonato Mundial com este time de pessoas incríveis, o time das Flechas de Prata.

Agora estou aqui para aproveitar o momento. Agora é hora para curtir as próximas semanas, pensar na temporada que passou e aproveitar cada experiência que aparecer pelo caminho. Depois disso, eu vou virara a próxima esquina da vida e ver o que está disponível para mim..."



Globoesporte

Homem mais rico da China dá dicas para quem está começando aos 25

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
A lista de dicas de Jack Ma para obter sucesso tem itens como: estar antenado com a tecnologia e cometer erros
Créditos: reprodução
Jack Ma, o fundador da maior empresa de e-commerce do mundo,  (a Alibaba) tem uma fortuna estimada em mais de R$ 22 bilhões. Por conta deste sucesso tamanho, várias pessoas querem saber dele qual é o segredo do sucesso.

A curiosidade é tanta que uma jovem perguntou a Ma o que ele faria se estivesse começando um negócio aos 25 anos de idade. O questionamento foi feito em uma conferência em Seul, na Coreia do Sul. Veja aqui as principais dicas.

Use a tecnologia a seu favor
Para qualquer ramo de negócio que você deseje abrir - seja um salão para cuidar de cabelos ou um restaurante -, a tecnologia tem de ser a sua parceira.

É necessário ampliar as ideias e pensamentos
Ma sugere que o empreendedor pense "ao contrário".  É necessário observar o comportamento das pessoas e concorrência, para encontrar novos caminhos nos negócios. O diferencial é um passo importante para obter sucesso.

Preocupação em demasia não atrai sucesso
Para o empresário, grandes preocupações aos 25 anos não combinam com o sucesso. Para ele, qualquer erro toma proporções muito maiores do que realmente ele pode ser.


Nada de ter pressa
O empresário dá dicas relacionadas para cada idade dos empreendedores- Até os 20 anos, seja um estudante. Aprenda antes de começar a trabalhar.- Até os 30 anos, siga alguém. Trabalhe em uma empresa pequena. As empresas grandes também são uma boa escola, nelas você conhecerá o processo e irá se sentir parte de um grande sistema. Mas em uma empresa pequena você aprenderá a sentir paixão pelo trabalho. Além disso, você aprenderá a realizar muitas tarefas ao mesmo tempo e a sonhar. Mais importante do que a empresa, é o seu chefe direto. Um bom chefe é a melhor forma de aprender coisas importantes.- Dos 30 aos 40 anos, se você realmente quer ser um empresário, trabalhe para você.- Dos 40 aos 50 anos, faça o que tem de melhor, não tente mudar para outra área e começar de novo. Tente focar no seu melhor.- Dos 50 aos 60 anos, trabalhe para pessoas jovens. Elas podem fazer muitas coisas melhor do que você. Depois, passe a elas um pouco da sua experiência e invista nelas.- Depois dos 60 anos, gaste tempo com você, de preferência na praia.

Cometa erros

O empresário resume seu pensamento na seguinte frase: "Meu maior conselho para pessoas com 25 anos: cometa bastantes erros. Não se preocupe, cair e levantar é parte da vida. Aproveite a sua juventude".



CATRACA LIVRE

AGI (Associação Guarabirense de Imprensa) realiza festa destaque do ano. Saiba mais aqui

Sexta-feira, 02 de novembro de 2016
A Presidenta Angelita Lucas, da AGI (Associação Guarabirense de Imprensa) tem a honra de comunicar que a entidade estará promovendo a Festa Destaque do Ano/2015.

O evento irá homenagear radialistas e também entregará Comendas a outros amigos que se destacaram no decorrente ano citado acima.

A solenidade também é alusiva aos 15 anos de fundação da Entidade.

O evento será hoje (02), e acontecerá na Vila Gourmet que fica às margens da PB 073 próximo a UEPB, em Guarabira, e terá início às 20:00 horas.
Angelita Lucas ao lado de alguns radialistas associados a AGI




Portal Continental

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Como é a dieta da mulher mais velha do mundo, que acaba de completar 117 anos

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
Quando Emma Morano nasceu, Umberto 1º ainda reinava na Itália. A Fiat tinha acabado de ser fundada e o time do Milan não seria criado até semanas depois.

Nesta terça, essa despretensiosa mulher comemorou 117 anos olhando para uma vida que não apenas se estende por três séculos diferentes, mas também sobreviveu a um casamento abusivo que começou com chantagem, à perda do único filho e uma dieta que poucos descreveriam como equilibrada.

Emma, a mais velha de oito irmãos, nenhum deles vivos hoje, nasceu em 29 de novembro de 1899 na região de Piemonte, na Itália.

Ela se tornou oficialmente a mulher mais velha do mundo neste ano, após a morte da americana Susannah Mushatt Jones, em maio. Ela é uma das três pessoas vivas nascidas no século 19 - pelo menos segundo os registros oficiais.

Ovos crus e biscoitos
A longevidade de Emma, segundo ela, se deve em parte à genética - sua mãe viveu até os 91 anos e várias de suas irmãs chegaram ao centenário - e, em outra, a uma dieta incomum que inclui ingerir três ovos (dois crus) todos os dias por mais de 90 anos.

É um hábito que ela adotou ainda jovem, depois que uma médica a diagnosticou com anemia pouco depois da Primeira Guerra Mundial.

Nos dias atuais, ela diminuiu o hábito para apenas dois ovos por dia.

Isso vai contra todos os conselhos sobre vida saudável, afirma Carlo Bava, seu médico há 27 anos.

À agência AFP, ele disse que Emma sempre comeu poucos vegetais, muito poucas frutas.

"Quando eu a conheci, ela comia três ovos por dia, dois crus pela manhã e uma omelete na hora do almoço, além de frango na hora do jantar."

Apesar disso, ele conta, Emma parece ser "eterna".

'Case comigo ou eu te mato'
Outro fator ao qual ela atribui sua longevidade: mandar seu marido embora em 1938, ano em que seu filho único morreu, aos apenas seis meses de idade.

O casamento nunca tinha sido saudável, diz Emma.

Ela tinha sido apaixonada por um rapaz morto durante a Primeira Guerra e não tinha interesse em se casar com mais ninguém.

Mas não teve muita escolha, conforme contou em entrevista ao jornal La Stampa , concedida quando tinha 112 anos.

"Ele me disse: 'Se tiver sorte, você se casa comigo, ou eu te mato'. Eu tinha 26 anos. E me casei."

Apesar de ela ter colocado o marido para fora de casa, eles continuaram casados até a morte dele, em 1978. Ema, que trabalhou até os 75 anos, não quis se casar novamente.

"Eu não queria ser dominada por ninguém", ela disse ao jornal americanoThe New York Times .

Sua determinação inspirou uma performance musical muito especial, que contou sua história em prosa e dança. O espetáculo foi encenado na cidade de Verbania, no norte da Itália, sua casa durante maior parte da vida.

A peça, dizem os escritores, "representa a coragem feminina, que se rebelou contra a violência doméstica".

Emma não deixa seu apartamento há 20 anos, mas foi cercada de pessoas que vieram lhe desejar parabéns no dia do seu aniversário.

Entre eles está seu médico, que começa a se sentir pressionado, algo como "o zelador da Torre de Pisa".

"No dia em que a torre tombar, alguém vai ser responsabilizado", disse ele à AFP. "Quando Emma morrer, as pessoas vão me responsabilizar."



Terra

Chapecoense anuncia que velório coletivo irá acontecer no sábado

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
O velório coletivo dos membros da diretoria, comissão técnica e atletas da Chapecoense será realizado no próximo sábado, na Arena Condá. A confirmação foi feita pelo vice-presidente do clube catarinense, Ivan Tozzo, que tem conduzido os assuntos internamente após a tragédia que matou 71 pessoas na queda do avião que levava a equipe para a decisão da Copa Sul-Americana.

A expectativa é que os corpos cheguem a Chapecó na madrugada da sexta-feira para sábado.

A programação inclui um evento com o presidente do Brasil, Michel Temer, às 8h de sábado, ainda no aeroporto, e na sequência o início do velório.

As informações foram repassadas a Tozzo em um telefonema nesta tarde.

Os corpos foram identificados e estão numa funerária colombiana para embalsamento.

Nem todos serão conduzidos à Arena Condá inicialmente. A família do técnico Caio Júnior quer evitar grandes deslocamentos e prefere fazer o cerimonial em Curitiba, a exemplo dos representantes dos auxiliares Eduardo de Castro Filho, o Duca, e Luiz Felipe Grohs, o Pipe, que também vão direto à capital paranaense.

Ao todo, foram 71 vítimas, entre jogadores, membros da comissão técnica, dirigentes, imprensa e funcionários da companhia aérea LaMia.

A tragédia aconteceu na madrugada de segunda para terça-feira, na cidade de La Unión, próxima de Medellín.



MSN

'Não há vara de condão que recupere a economia', diz Temer em São Paulo

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
O presidente Michel Temer disse na tarde desta quinta-feira (1º), em São Paulo, que "não há nenhuma vara de condão que recupere da noite para o dia uma economia golpeada há alguns anos de uma política equivocada". O presidente participou na tarde desta quinta de um evento para investidores promovido pelo JP Morgan, no Hotel Hyatt, na Zona Sul de São Paulo.

"Precisamos de serenidade e paciência. O que precisamos é por a casa em ordem", disse Temer. "Há uma certa ansiedade para que tudo se resolva . Não se resolve em seis meses."

"O que precisamos fazer é por a casa em ordem . Preciso atender a alguns pressupostos. Tirar o país da recessão", disse o presidente.

"Há um clima de uma certa unidade dos setores governamentais com vistas a tirar o país da recessão. Depois, virá o crescimento", afirmou.

No último dia 16, em jantar no Palácio da Alvorada que incluiu parlamentares e ministros, Temer admitiu que o país enfrenta uma recessão “profunda e extremamente preocupante”. Na ocasião, ele disse que são necessárias “medidas amargas” para reverter esse cenário. O encontro havia sido marcado para que o presidente pedisse apoio de senadores para a aprovação da PEC 55, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

Reunião com governadores
Pela manhã, no Palácio do Planalto, em Brasília, Temer se reuniu com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, e cinco governadores para discutir a crise financeira dos estados.

Participaram do encontro os governadores Luiz Fernando Pezão (RJ), Raimundo Colombo (SC), Rodrigo Rollemberg (DF), Simão Jatene (PA) e Wellington Dias (PI).

O rombo nas finanças tem afetado a maioria dos estados. Alguns deles estão sem dinheiro até para pagar a folha do funcionalismo. Os casos mais críticos são os do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

Dos 27 estados brasileiros, quatro tiveram recuo no Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 na comparação com 2013, de acordo com a pesquisa Contas Regionais 2014 divulgada no início desta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



G1

Promotores protestam contra pacote

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
Foto: G1
Juízes e promotores protestaram em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) no início da tarde desta quinta-feira (1º) contra a aprovação das emendas que alteram as medidas de combate corrupção. O pacote com as alterações foi aprovado pela Câmara dos Deputados na madrugada desta quarta (30). Entre as mudanças, está a retirada da tipificação do crime de enriquecimento ilícito e a inclusão do crime de responsabilidade a magistrados e membros do Ministério Público que cometerem algum tipo de abuso de autoridade. Protestos também foram realizados em Curitiba, Recife e São Paulo.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) fez um pronunciamento na escadaria dos fundos do prédio do STF, onde estavam concentrados membros do judiciário. “O Congresso está tentando impor uma mordaça no Ministério Público e nos juízes do país", afirmou. "Foi aprovada na calada da noite a construção de um instrumento acessório da impunidade.”

"Abuso de autoridade existe nesse país há muito tempo contra pobres. Aqueles que padecem nos presídios e não têm dinheiro para pagar grandes advogados sempre precisaram de projetos contra abusos de poder, e o Congresso nunca lhes deu", completou o senador. Segundo ele, será apresentado um substitutivo ao projeto contra abuso de poder. "Debater isso no momento em que se processa o maior combate à corrupção é tentar estancar a sangria.”

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho, Ângelo Fabiano Farias da Costa, criticou a tentativa do presidente do Senado, Renan Calheiros, de apressar a votação das medidas pelo plenário da casa na tarde desta quarta. "É um verdadeiro tapa na cara da sociedade brasileira. Tornaram as dez medidas contra a corrupção um projeto pró-corrupção", disse.

Após o pronunciamento de senadores e procuradores, os magistrados cantaram o hino nacional à capela. Os magistrados deixaram a parte de trás do STF de mãos dadas, fazendo uma corrente em volta do prédio, e voltaram para a fachada. Enquanto isso, indígenas dançavam em círculos em frente ao prédio. Eles amarraram uma faixa, virada para o tribunal, com os dizeres "queremos viver em paz. Nada de destruição na Amazônia".

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti, disse que a sessão da Câmara que aprovou as emendas ao projeto anticorrupção foi uma das sessões "mais agressivas e mais superficiais" em 30 anos. "Se os deputados queriam passar um recado ao povo, é oposto ao que o povo queria ouvir."

De acordo com a vice-presidente eleita da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), Renata Gil, o texto precisa ser revisto. "Abuso de autoridade não é novidade, as pessoas são punidas, mas tem sido incluídas normas neste texto que não são republicanas."

Questionada sobre o que a atuação da AMB caso o projeto seja aprovado pelo Senado sem ressalvas, Renata afirmou que "confia no Senado Federal", mas tomará as medidas jurídicas cabíveis para reverter a decisão. Sobre a atuação de Renan Calheiros, que tentou apressar a votação do pacote nesta quarta (30), a magistrada disse ter sido surpreendida.

"Estamos desde o início da semana tentando mostrar que existem temas extremamente caros à sociedade. Ficamos muito tristes, também, porque nos mostramos abertos ao diálogo e não fomos correspondidos", disse. "Os textos foram apresentados de última hora sem que a classe tivesse o conhecimento do conteúdo, e as votações foram expressas. O texto aprovado chegou no final da tarde de ontem no Senado, e o presidente tentou a aprovação imediata em meio a um cenário de punição de agentes corruptos e corruptores. Nós, magistrados, denotamos uma grave intenção de intimidação."

O ato ocorreu horas depois de o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, questionar em audiência no Senado o projeto do abuso de autoridade. Ele havia dito que "talvez" não seja o "melhor momento" para aprovação do texto, tendo em vista as diversas operações policiais em curso. O ministro do STF Gilmar Mendes subiu à tribuna em seguida e ironizou a fala, perguntando se seria preciso aguardar um "ano sabático das operações" para aprovar o projeto.



G1

Goleiro Follmann passa por cirurgia e clínica descarta nova amputação

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
O goleiro Jackson Follmann, um dos sobreviventes do desastre aéreo da Chapecoense na madrugada de terça-feira, não deve sofrer amputação na perna esquerda, conforme cogitado. A informação foi divulgada na noite desta quinta-feira pela clínica onde o atleta foi internado.

Follmann é um dos seis resgatados com vida após a queda do voo que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, onde o time disputaria as finais da Copa Sul-Americana.

Nesta quinta-feira, o jogador passou por intervenção cirúrgica na clínica de Medellín. Segundo o boletim médico, Follmann "continua com estrita vigilância na Unidade de Cuidados Intensivos", mas com evolução satisfatória.

"Durante a cirurgia, evidenciou-se um adequado estado da amputação da perna direita. No membro inferior esquerdo, as lesões evoluíram adequadamente, de forma que não foi necessária a amputação", avisa o comunicado.



Uol

Renan Calheiros vira réu no Supremo pela primeira vez

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
Felipe Sampaio/SCO/STF

Por 8 votos a 3 , o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (1º) aceitar denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2013 contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pelo crime de peculato. Com a decisão, o senador se torna réu na Corte pela primeira vez.

Apesar de aceitar a denúncia por peculato, a Corte também entendeu, seguindo voto do relator, ministro Edson Fachin, que as acusações de falsidade ideológica e uso de documento falso prescreveram em 2015, oito anos depois de a infração ter sido cometida.

A Corte julgou nesta tarde denúncia na qual Renan é acusado de usar o lobista de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento. Ele também é acusado de ter adulterado documentos para justificar os pagamentos. O caso foi revelado em 2007. Na época, as denúncias levaram Renan a renunciar à presidência do Senado.

Votos a favor da denúncia
Para o relator do inquérito, Edson Fachin, as provas apresentadas no processo mostram que há indícios de que Renan Calheiros usou em 2007 notas fiscais para mascarar desvios de verba indenizatória do Senado para simular os contratos de prestação de serviços de locação de veículos.

“A denúncia imputa ao acusado a celebração de mútuo fictício com a empresa Costa Dourada Veículos para fim de, artificialmente, ampliar sua capacidade financeira e justificar perante o Conselho de Ética do Senado capacidade de arcar com o pagamento de pensão alimentícia”, disse o ministro.

O ministro Luiz Roberto Barroso votou diferentemente do relator, aceitando a denúncia em relação aos três crimes. “Considero como documentos públicos um número maior do que o relator considerou”, disse Barroso para justificar sua decisão. Os crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso só estariam prescritos se os documentos que embasam essas acusações forem considerados particulares.

Apesar de acompanhar o relator, o ministro Teori Zavascki disse que a denúncia apresentada pelo Ministério Público "não é um modelo de denúncia" e disse que "os indícios são precários e estão no limite". Zavascki, que é relator da Operação Lava Jato, também disse que a Corte não pode ser responsabilizada pela demora no julgamento do processo.

“Dos 100 inquéritos que tenho aos meus cuidados envolvendo pessoas com prerrogativa de foro, 95 não estão em meu gabinete e cinco estão de passagem, e apenas dois dependem de exame de recebimento da denúncia. O Supremo é juiz, não é investigador, não é ele que busca a prova, é ele que julga”, explicou.

Rosa Weber, Luiz Fux, Marco Aurélio, Celso de Mello e presidente do STF, Cármen Lúcia, também acompanharam o voto do relator pelo recebimento parcial da denúncia.

Votos contra a denúncia
Os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votaram pela rejeição total da denúncia por entenderem que não há indícios para o recebimento da denúncia.

Toffoli considerou as acusações como "criação mental" do Ministério Público. "Não se logrou na investigação provar que o serviço [da locadora de veículos] não foi prestado, mas, como não houve trânsito de valores em contas bancárias, deduz [-se] que o serviço não foi prestado para o recebimento da denúncia", disse Toffoli.

Lewandowski criticou a falta de provas na denúncia e disse que "houve certa criatividade" por parte da PGR. "Por mais contundentes que sejam os indícios de prática criminosa, o inquérito não pode se transformar em instrumento de devassa na vida do investigado, como se todos os atos profissionais e sociais por ele praticados ao longo de anos fossem suspeitos ou merecessem esclarecimentos. A denúncia deve ser objetiva", afirmou.

Para Gilmar Mendes, a PGR deveria ter "honestidade intelectual" de pedir o arquivamento. "Nós temos um clássico caso de inépcia, já reconhecido pelo relator [Fachin], quando disse que [a prova] está na zona limítrofe, na franja."

Acusação
Na denúncia formalizada em 2013, a Procuradoria-Geral da República acusou Renan dos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso, por utilizar meios fraudulentos para justificar a origem de R$ 16,5 mil pagos mensalmente à jornalista Mônica Veloso entre janeiro de 2004 e dezembro de 2006.

Em processo aberto no Conselho de Ética do Senado quando o caso veio à tona, em 2007, Renan apresentou recibos de venda de gado para comprovar uma renda compatível com os pagamentos. Segundo laudo pericial da PGR, os documentos são falsos e não correspondem a transações comerciais verdadeiras. Um dos compradores teria negado expressamente a compra de cabeças de gado do senador.

A PGR acusou ainda Renan do crime de peculato, por ter desviado, entre janeiro e julho de 2005, a verba indenizatória a que tem direito como senador. Apesar de ter apresentado notas fiscais para comprovar o aluguel de dois veículos, os investigadores alegam que os documentos, no valor de R$ 6,4 mil cada, são fraudulentos.

"Não foram encontrados lançamentos que possam comprovar a entrada e saída de valores [nas contas da locadora de veículos e do senador], situação que comprova que a prestação de serviços não ocorreu”, disse o vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Borges de Andrada, ao ler o relatório da PGR, durante a sessão.

Defesa
Durante o julgamento, o advogado do presidente do Senado, Aristides Junqueira, defendeu o arquivamento de toda a denúncia por falta de provas. “Quando se recebe uma denúncia inepta o constrangimento é ilegal. Não há indícios suficientes sequer para o recebimento da denúncia”, disse Junqueira.



Agência Brasil

Barbosa aponta golpe contra Dilma, que prevê queda de Temer

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
Dilma e Barbosa, em raro encontro no STF: afago que não voltaria a se repetir
Para Barbosa, que comandou  julgamento da Ação Penal 470, o impeachment de Dilma Rousseff não passou de “uma encenação”. O ato parlamentar, porém, fez o país retroceder a um “passado no qual éramos considerados uma República de Bananas”

Enquanto o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa chama de farsa o impedimento da presidenta deposta, Dilma Rousseff prevê que o presidente de facto, Michel Temer, terá o mesmo destino. Será derrubado para que seu sucessor seja escolhido pela via indireta, em eleição no Plenário do Congresso.

Para Barbosa, que comandou  julgamento da Ação Penal 470, o impeachment de Dilma Rousseff não passou de “uma encenação”. O ato parlamentar, porém, fez o país retroceder a um “passado no qual éramos considerados uma República de Bananas”.

Barbosa atribui o comando do processo que resultou no golpe de Estado, em curso, à quadrilha de políticos corruptos que queria apenas se proteger da Justiça. O ministro aposentado falou à colunista Mônica Bergamo, do diário conservador paulistano Folha de S. Paulo. Ele acrescentou, ainda, que o governo de Michel Temer corre o risco de não chegar ao fim.

— Aquilo (impeachment de Dilma) foi uma encenação. Todos os passos já estavam planejados desde 2015. Aqueles ritos ali (no Congresso) foram cumpridos apenas formalmente — denuncia.

ConluioParcela majoritária do Congresso e o então vice-presidente Temer integraram um conluio para derrubar a presidenta da República.

— Utilizaram-se da estrutura de poder para reunir em suas mãos a totalidade do poder, nasce o que eu chamo de desequilíbrio estrutural — acrescentou.

Ainda segundo Barbosa “essa desestabilização empoderou essa gente numa Presidência sem legitimidade. Unida a um Congresso com motivações espúrias. E esse grupo se sente legitimado a praticar as maiores barbáries institucionais contra o país”. O ex-ministro considera que, devido às circunstâncias, o governo de Michel Temer pode não chegar ao fim.

Dilma concorda
Dilma Rousseff, por sua vez, em um debate na Central Única dos Trabalhadores, noite passada, denuncia o “golpe dentro do golpe”. Em linha com o que Barbosa dizia, quase que ao mesmo tempo, a cassação de Michel Temer, em 2017, abrirá espaço para que o novo presidente seja escolhido pelo Congresso.

Diante do risco, Dilma defendeu eleições diretas já.

— Assistimos estarrecidos e perplexos todas as tentativas de dar um golpe dentro do golpe. Temos que ter a ousadia de defender mais uma vez eleições diretas para presidente— afirmou.

Dilma se referia à possibilidade de cassação da chapa encabeçada por ela e composta pelo presidente Michel Temer ocorrer depois do dia 31 de dezembro.

— É isso que se chama golpe dentro do golpe. Você cria a temporalidade para que haja eleição indireta — afirmou.

Ela também fez referência ao caso Geddel Vieira Lima.

— O Estado se exceção é capaz de criminalizar alguns atos legítimos e perdoar outros que não são legítimos. Estes dois pesos e duas medidas está ficando claro em várias ações. Sobretudo na dimensão para certas questões. Não é considerado crime por advocacia administrativa defender que se libere a construção de um edifício de 106 andares numa área de patrimônio histórico — afirmou.

Diretas já
Para Barbosa, as eleições diretas para a Presidência, como sugeriu a presidenta Dilma, podem reparar os “trunfos” que foram perdidos pelo cargo com a chegada ilegítima ao poder. Sobre uma eventual prisão de Lula, Barbosa é enfático: “se não houver provas incontestáveis, quem perde é o Brasil”.
— Sei que há uma mobilização, um desejo, uma fúria para ver o Lula condenado e preso antes de ser sequer julgado. E há uma repercussão clara disso nos meios de comunicação. Há um esforço nesse sentido. Mas isso não me impressiona. Há um olhar muito negativo do mundo sobre o Brasil hoje. Uma prisão sem fundamento de um ex-presidente com o peso e a história do Lula só tornaria esse olhar ainda mais negativo. Teria que ser algo incontestável — afirma.
Segundo Joaquim Barbosa, o grupo que assumiu o poder, após o golpe de Estado, segue na intenção de paralisar as investigações da Operação Lava Jato.
— A sociedade brasileira ainda não acordou para a fragilidade institucional que se criou quando se mexeu num pilar fundamental do nosso sistema de governo, que é a Presidência (da República). Uma das consequências mais graves de todo esse processo foi o seu enfraquecimento. Aquelas lideranças da sociedade que apoiaram com vigor, muitas vezes com ódio, um ato grave como é o impeachment não tinham clareza da desestabilização estrutural que ele provoca — concluiu.


Correio do Brasil

Em coma, bebê acorda antes de aparelho ser desligado

Sexta-feira, 02 de dezembro de 2016
Foto: Reprodução Facebook
Uma bebê chamada Marwa, de apenas um ano de idade, acordou momentos antes dos médicos desligarem os aparelhos que ajudavam a manter a criança viva. Ela está hospitalizada em estado crítico desde setembro de 2016, em um hospital da cidade de Marselha, França, com um vírus que gera danos cerebrais.

Segundo o The Sun, os médicos vinham aconselhando os pais para autorizarem o desligamento das máquinas, pois tratamentos agressivos foram usados e sem surtir efeito. Marwa ficou em coma induzido para evitar que os danos no cérebro aumentem.

Para garantir o direito de manter a filha viva os pais criaram uma campanha, por meio do facebook, para arrecadar dinheiro para levar o caso até a Justiça da França e ter a certeza de que os aparelhos não seriam desligados.

Eles conseguiram 100 mil assinaturas e já há um primeiro posicionamento da corte francesa garantindo que Marwa permaneça no hospital com a ajuda dos aparelhos. “O tratamento dela continua e nós vemos um progresso diário. Isso nos dá muita esperança. Quando eu falo com ela, ela ouve minha voz, reage, algumas vezes fica sorrindo”, contou o pai da garota ao tablóide The Sun.



Yahoo Notícias

POLICIAL

GALERIAS DE FOTOS

ENTRETENIMENTO

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T