ULTIMAS NOTICIAS

POLITICA

ESPORTES

Mais Noticias

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Aos 41 anos, Carla Perez ostenta corpão de biquíni em passeio de barco na Bahia

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
Foto: Reprodução: Instagram
Carla Perez não cansa de celebrar seu aniversário de 41 anos. A ex-loira do É o Tchan soprou as velinhas oficialmente na sexta-feira (16), mas a comemoração não acabou antes de domingo (19).

A loira aproveitou o momento especial para fazer um passeio de barco e mostrou que a passagem do tempo não alterou sua boa forma em nada.

Em registros do dia de folga publicados no Instagram, a esposa de Xanddy aparece com as curvas em dia a bordo de biquíni e saída de praia super estilosos.

“E hoje teve mais comemoração!!! O passeio foi muito gostoso! Se pudesse vivia no mar!! #Gratidão. 4.1”, escreveu na legenda, revigorada após navegar pelas águas de Itaparica, na Bahia.

Todas as fotos de Carla Perez são de (Reprodução/Instagram):







Redação ReveTV

Aniversariante do dia

Terça-feira, 20 de novembro de 2018 
Getúlio Marinho
No dia de ontem (19), tivemos a grata satisfação de fotografar o aniversariante Getúlio Marinho que é proprietário do Bar do Jambo em Caldas Brandão/PB.

Em seu aniversário, Getúlio estava em seu 'Bar' trabalhando e reservou um momento para ler a revista 'O Farol'.

Feliz aniversário e boa leitura Getúlio Marinho.

Muitos anos de Vida e Saúde para você e sua família.






Portal Continental

Reforma da Previdência atingirá em cheio os trabalhadores privados

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
Entre as alterações, que sairiam por lei complementar, está o fim da Fórmula 85/95
Ricardo vai representar Luís Nunes, que quer mais segurança diante da burocracia para aposentar - Luciano Belford /Agência Brasil
Rio – A aprovação da Reforma da Previdência que deve ficar para o ano que vem – conforme já admitiu o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) – fará com que trabalhadores da iniciativa privada sejam os mais afetados pelas mudanças propostas do que os servidores. Isso porque para alterar a maioria das regras do funcionalismo público é preciso mudar normas constitucionais, o que foi descartado neste primeiro momento, por exigir elevada votação favorável. As propostas, que seriam aprovadas por lei complementar ou ordinária, necessitam de menos votos e atingem em cheio empregados privados.

“Uma reforma infraconstitucional irá atingir diretamente os segurados do Regime Geral da Previdência Social (do INSS), com alteração brusca na Lei de Benefícios (Lei 8.213/91) e na Lei de Custeio (Lei 8.212/91) – diferentemente dos servidores públicos que precisam de Proposta de Emenda Constitucional para que o cálculo da aposentadoria seja mudado, por exemplo”, adverte Pauline Navarro, do escritório Vargas e Navarro Advogados Associados.

“Se compararmos os segurados do INSS com os servidores, os benefícios do instituto atingem uma maior parcela da sociedade e estão limitados a um teto (hoje de R$ 5.645,80), mas a sua média não ultrapassa R$1.300, de acordo com dados oficiais, diferentemente dos benefícios dos servidores cuja média é muito maior”, acrescenta a advogada.

O valor do benefício foi o que levou o representante comercial Hipólito Luís Nunes, 64 anos, morador do Centro, a pedir o auxílio do advogado João Ricardo Furtado, que é seu procurador. “Meu cliente vai se aposentar por tempo de contribuição, pois recolhe há mais de 36 anos e sua preocupação era saber se receberia um valor justo”, disse.

Fim da regra 85/95
Entre as mudanças que podem ocorrer sem alteração constitucional, está o fim da Fórmula de cálculo 85/95, que soma idade e tempo de contribuição e garante o benefício integral; elevação do tempo mínimo de contribuição; redução do valor da pensão por morte; e aumento da idade mínima para receber o benefício assistencial, informa Caio Taniguchi, do escritório Bichara Advogados.

Para os servidores, o ponto mais significativo que seria alterado é a contribuição previdenciária, hoje em 11%. Diante da repercussão negativa, Bolsonaro afirmou que não aumentará a alíquota para 22%. “O que recebi em Brasília foram projetos”, disse, afirmando que não fechou propostas.

Nem o atual governo acredita na aprovação da PEC 287
A aprovação da Reforma da Previdência não é um tema que una a opinião de membros do governo atual. O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, demonstrou pouca esperança de que mudanças na Previdência sejam aprovadas neste ano. “Se conseguir, ótimo. Mas, se não aprovar, é o fim do mundo? Não. O mercado espera a aprovação da reforma no próximo ano”, afirmou Mansueto.

“O ‘grosso’ da Reforma da Previdência é constitucional”, argumentou o secretário do Tesouro, que foi confirmado e permanecerá na gestão do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Enquanto uma mudança na Constituição Federal exige o voto de 3/5 dos parlamentares, em dois turnos de votação, tanto na Câmara quanto no Senado, a aprovação de um projeto de lei ou de medida provisória precisa de maioria simples.

As alterações não são fáceis de serem aprovadas. Michel Temer, diante da falta de apoio parlamentar e do aperto nas contas públicas, chegou a enviar uma medida provisória para aumentar de 11% para 14% a contribuição previdenciária dos servidores, mas terminou barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A equipe de Bolsonaro já mudou o discurso sobre a Previdência várias vezes. Na campanha, defendeu um projeto novo, com base em contas individuais. Após a eleição, o capitão da reserva disse que o projeto de Temer era “remendo novo em calça velha” e falou em fazer uma reforma justa. Ele chegou a citar como exemplo a ampliação em um ano do tempo de trabalho para servidores. Mas não tocou mais no assunto.

Idade mínima ainda não é um consenso
Um dos pontos de destaque da proposta de Reforma da Previdência “estacionada” no Congresso é a idade mínima para que homens e mulheres possam requerer aposentadoria no INSS. Na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, a idade de trabalhadoras sobe de 60 anos para 62 anos, e dos trabalhadores permanece em 65 anos.

Mas, segundo afirmações do presidente eleito Jair Bolsonaro, ao invés de subir a idade mínima, ela seria diminuída. “Um homem que trabalha na construção civil, por exemplo, aos 65 anos já não tem mais condição plena de trabalhar”, disse Bolsonaro.

Por conta disso, a idade de homens cairia dos atuais 65 anos de idade para 61. E mulheres poderiam pedir aposentadoria aos 56 anos e não mais aos 60 anos.

Uma outra proposta de mudança no sistema previdenciário apresentada pelos economistas Armínio Fraga e Paulo Tafner estipula que essa idade mínima seja de 65 anos, tanto para homens quanto para mulheres. Mesmo com tantos percalços pelo caminho, o futuro ministro da Economia e “guru” econômico de Bolsonaro, Paulo Guedes, defendeu a votação, ainda neste ano pelo Congresso Nacional, de uma “parcela do texto atual” da Reforma da Previdência já aprovada em Comissão Especial da Câmara dos Deputados.

Paulo Guedes propôs também que a discussão de sua proposta sobre um novo sistema previdenciário, ancorado no modelo de capitalização, comece já no próximo ano.

“Seria um saldo positivo para o governo que sai e para o que entra”, afirmou Paulo Guedes.




Fonte: Paraíba Urgente (* Colaborou a estagiária Edda Ribeiro)

Copa América de 2019 terá VAR em todos os jogos

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
O ex-árbitro brasileiro Wilson Seneme, atual presidente da comissão de arbitragem da Conmebol, anunciou nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, que a Conmebol planeja implementar a tecnologia do Video Assistant Referee (VAR) em todos os jogos da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho.

O anúncio foi feito durante a visita técnica da International Football Association Board, em um hotel na Zona Oeste carioca. Segundo Seneme, a Conmebol deseja triplicar o uso do VAR na próxima temporada, em comparação com 2018, podendo chegar a 100 partidas internacionais.

Além das 26 partidas da Copa América, o plano da Conmebol é disponibilizar o VAR também na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana, ambas a partir das oitavas de final – este ano, as duas competições receberam o VAR a partir das quartas. Com esses torneios, o uso da tecnologia chegaria a 85 partidas no ano que vem.

Falta definir, ainda, como será será montado o sistema do VAR na Copa América. A Conmebol está estudando em conjunto com a International Board se haverá um controle centralizado, como foi na Copa do Mundo da Rússia, com duas cabines no Centro Internacional de Transmissão (IBC, na sigla em inglês). Esta opção, porém, depende de uma tecnologia avançada de fibra ótica que alcance as cinco sedes (Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador). A outra opção é um controle híbrido, com parte centralizada e outra parte in loco, com caminhões funcionando como central tecnológica do VAR.

O VAR começou a ser usado pela Conmebol em 2017, apenas em 10 jogos. Este ano, 23 confrontos da Libertadores e da Sul-Americana já receberam o apoio tecnológico para a arbitragem, número que chegará a 30 com os jogos decisivos da Libertadores (final entre River Plate e Boca Juniors, dia 24), Sul-Americana (duas partidas de volta das semifinais e os dois jogos da final) e Recopa (dois jogos em fevereiro e março do ano que vem, mas que a Conmebol inclui no calendári de 2018).

A Conmebol está construindo um centro de treinamento tecnológico de árbitros em Luque, Paraguai, onde fica a sede da entidade. O objetivo é inaugurar o centro no primeiro semestre do ano que vem, com seis cabines de simuladores para treinamento de árbitros, assistentes e árbitros que trabalharão exclusivamente com o VAR.




Fonte: Globo Esporte

Fluminense e Ceará empatam no Maracanã e continuam ameaçados

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Em jogo-chave na luta contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Ceará empataram sem gols, nesta segunda-feira (19), no Maracanã. O resultado não foi bom para nenhuma das equipes, que seguem preocupadas com a proximidade do grupo dos quatro últimos colocados.

Com o resultado, os cariocas pularam para 42 pontos (a cinco do América-MG, clube que abre o Z-4) e caíram para a 13ª colocação. Os alvinegros atingiram 39 pontos e estão um posto abaixo do Fluminense.

Disputado sob chuva durante todo o tempo, o jogo não foi um bom espetáculo, embora os times tenham tentado superar suas próprias limitações em busca da vitória.

Após o jogo no Maracanã, o Fluminense volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o Bahia, às 21h, na Fonte Nova. No mesmo dia e horário, os cearenses recebem o Paraná no Castelão.

O técnico Marcelo Oliveira mandou a campo uma equipe montada com apenas dois zagueiros, em vez da tradicional trinca. A equipe tomou a iniciativa desde o primeiro minuto e foi quem ditou o ritmo do jogo na primeira metade.

Participativo pelo lado esquerdo, Ayrton Lucas foi uma boa válvula de escape pelos lados. Já o Ceará entrou um tanto quando disperso na partida e quase viu o Flu fazer valer o seu predomínio inicial. Em bonita jogada individual, Everaldo arrancou do campo do Flu e bateu com muito perigo. Em outra boa jogada individual, Ayrton Lucas também assustou Éverson.

Em uma rara escapada, Samuel Xavier bateu cruzado e a bola passou rente à trave. Apesar do susto, os tricolores seguiram em cima do adversário, mas faltou capricho na hora de concluir no gol adversário.Não fosse Júlio César, os visitantes teriam inaugurado o placar na etapa inicial. Após cobrança de falta de Juninho, o goleiro do Flu voou no ângulo e fez linda defesa. Na sobra, a bola pingou na área tricolor, mas a defesa conseguiu afastar o perigo.

Não fosse Júlio César, os visitantes teriam inaugurado o placar na etapa inicial. Após cobrança de falta de Juninho, o goleiro do Flu voou no ângulo e fez linda defesa. Na sobra, a bola pingou na área tricolor, mas a defesa conseguiu afastar o perigo.

Em busca de mais velocidade e aproximação ao ataque, o técnico Marcelo Oliveira trocou Cabezas por Marcelo Alessandro. A tentativa, contudo, não surtiu o efeito desejado e o Flu seguiu com dificuldades para criar chances mais limpas de gol.

O Ceará encontrou mais espaços no meio, marcou mais presença no campo rival e esteve muito perto de abrir a contagem após chute muito perigoso de Juninho.

Com o campo pesado, as equipes sentiram o cansaço e o ritmo caiu demais no Maracanã, ainda que o Alvinegro tenha sido uma equipe mais organizada e perigosa na etapa final. Para sorte dos mandantes, o Ceará não acertou o pé na hora que teve a bola para contra-atacar e o placar seguiu zerado até o fim.

FLUMINENSE
Júlio César; Igor Julião, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Richard, Airton, Sornoza (Macula); Cabezas (Matheus Alessandro), Everaldo (Marcos Jr.), Luciano. T.: Marcelo Oliveira

CEARÁ
Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Felipe Jonatan; Juninho, Richardson, Calyson (Ricardinho); Felipe Azevedo, Ricardo Bueno (Arthur), Leandro Carvalho (Eder Luis). T.: Lisca

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro

Juiz: Anderson Daronco (RS)
Cartões amarelos: Richardson, Samuel Xavier, Felipe Azevedo (Ceará); Ayrton Lucas, Macula, Airton, Richard (Fluminense)




Fonte: Paraibaonline

Pai de santo morre ao ter 80% do corpo queimado ao usar etanol em trabalho espiritual, em João Pessoa

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
O pai de santo Cícero Santoriny morreu no final de semana após ter 80% do corpo queimado durante um trabalho espiritual no bairro Padre Zé, em João Pessoa. O caso foi divulgado no programa Correio Verdade, da TV Correio, desta segunda-feira (19).

De acordo com parentes, Cícero estava em casa quando duas clientes chegaram ao terreiro de umbanda pedindo para ele fazer um trabalho espiritual.

Durante o ritual, o pai de santo usou Etanol – álcool utilizado em veículo –  e ao acender o fogo de projetou contra ele o queimando quase todo o corpo.

A vítima foi levada às pressas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde há um setor de queimados. Ele passou alguns dias internado, mas morreu e o corpo foi enterrado no último sábado (17), no cemitério Santa Catarina, no bairro dos Estados.




Fonte: PB HOJE

Município de Mari/PB, inicia Projeto “DOS PASTOS A PISTA” em parceria com UFPB

Terça-feira, 20 de novembro de 2018
A Prefeitura de Marí localizada na Zona da Mata Paraibana, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, em parceria com a UFPB Campus Areia, realizou, no dia 14/11, nas dependências do antigo Parque Dois Irmãos,  um encontro com criadores de equinos do município. Essa reunião teve como objetivo a realização de um trabalho de extensão rural, onde professores, técnicos e estudantes irão realizar práticas de assistência técnica para auxiliar os criadores a fazer manejos sanitários, nutricionais e reprodutivos. O projeto de extensão tem como título “Dos pastos a pista”, já que a maioria dos animais praticam o esporte da vaquejada.
“Temos uma série de atividades desenvolvidas no município que é o resultado da parceria com a Universidade, e estamos mantendo contato com a Reitora do Campus de Areia para ampliação dessa parceria. Essa certamente será uma visita de muitas outras que serão feitas ao município em relação  a equinocultura, por entender que esse encontro inicial é um processo gerador da melhoria do nosso rebanho, tanto qualitativo quanto quantitativo”, pontuou o secretária da SMDEA, Severino Ramo.

A equipe que fez a visita técnica foi composta pela coordenadora do projeto a Profª Maria Lindomárcia L. da Costa- Zootecnista Doutora em Produção de Equinos, Leonardo S. Fernandes- Zootecnista Msc. Em Produção animal e Airton Fernandes- concluinte do curso de Zootecnia, da UFPB- CAMPUS AREIA, que atentamente escutaram os criadores e se mostraram dispostos a contribuir no processo de melhoramento do rebanho, ocasião em que foram tiradas diversas dúvidas dos produtores, com os questionamentos prontamente respondidos pelos profissionais.
O Gerente de Projetos Pecuários, o Zootecnista da SMDEA  Erick Paiva, frisou a importância deste encontro para os produtores de Mari. “Muitas vezes se criam os animais sem uma assistência técnica e os criadores acabam cometendo algumas falhas no manejo que refletem diretamente em gastos desnecessários na produção, que podem levar o animal a morte, daí a necessitada de intervenções desse porte da gestão pública”, comentou Erick.

O prefeito Antonio Gomes determinou que seja oferecido todo o suporte do município visando o sucesso desse projeto de extensão rural, para os criadores e produtores de equinos no município de Mari.






Fonte: ASCOM

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Atleta sofre ataque epilético em jogo na Paraíba e demora mais de 30 minutos para ser atendida

Segunda-feira, 19 de novembro de 2018
Incidente aconteceu em partida do Campeonato Paraibano de Futebol Feminino, no CT Ivan Thomaz, em João Pessoa, e não havia médico nem ambulância no momento do ocorrido
Foto: Reprodução/TV Cavo Branco
Um episódio chocante chamou a atenção nesse domingo, em uma partida do Campeonato Paraibano de Futebol Feminino. Desportiva Picuiense e Guará se enfrentavam pela segunda rodada da competição, em João Pessoa, quando a meio-campista Girlene, da Picuiense, sofreu um ataque epilético durante a partida. Ela recebeu alguns primeiros cuidados, de forma precária, ainda no campo de jogo, e teve que esperar mais de meia hora até que uma ambulância do Corpo de Bombeiros chegasse ao local e a levasse para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Na UPA, ela foi examinada pelos médicos e liberada em seguida.

Durante a partida, o Guará venceu a Picuiense por 4 a 0. Mas o resultado acabou ficando em segundo plano quando Gigi, como é mais conhecida a jogadora, caiu no gramado. Ela sofria alguns espasmos pelo corpo, enquanto colegas de time a abanavam com camisas. As imagens da TV Cabo Branco (afiliada da Rede Globo em João Pessoa) mostram bem que a atleta está desacordada e com tremores nos braços e nas pernas (confira no vídeo abaixo). A diretoria do clube não confirma oficialmente qual foi o problema com a jogadora, mas, segundo o Corpo de Bombeiros, ela teve um ataque epilético.

Durante alguns minutos, a ajuda das companheiras de time foi todo o atendimento que Gigi recebeu no gramado. Depois, ainda aparentemente inconsciente, ela foi retirada do campo pelos maqueiros, e, antes de deixar o CT Ivan Thomaz, onde aconteceu a partida, chegou a receber os primeiros socorros de uma auxiliar de enfermagem que estava no local. Apenas após o fim da partida, mais de meia hora depois, foi que a ambulância do Corpo de Bombeiros chegou e a levou para a UPA.

Segundo Halid Mohamed, que é diretor de futebol e supervisor das categorias de base da Picuiense, Gigi foi examinada pelos médicos na UPA, medicada em seguida e ficou em observação até as 19h. Depois disso, seguiu com o grupo no retorno à cidade de Picuí, onde fica a sede do clube.

- Gigi passou mal. Infelizmente, não tinha ambulância no estádio e, após um bom tempo, ela foi socorrida para o hospital, onde ficou em observação até as 19h, quando foi liberada pelo médico - disse Halid.
Gigi foi retirada do campo numa maca, carregada pelos maqueiros e por duas companheiras suas de time — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco
A demora no atendimento aconteceu porque, de fato, não havia médico e ambulância no local. Como se trata de uma competição amadora, não há a obrigatoriedade de profissionais e transporte da saúde à beira do campo, assim como também não há exigência de policiamento.

- O Estatuto do Torcedor só obriga em jogos profissionais - destacou Otamar Almeida, que vem exercendo o cargo de diretor executivo da Federação Paraibana de Futebol (FPF), desde que a nova presidente, Michelle Ramalho, tomou posse, há pouco mais de um mês e meio.

Derrotada por 4 a 0 e ainda sem pontuar no Campeonato Paraibano de Futebol Feminino, a Picuiense voltou para casa ainda assustada com o episódio de Gigi, que passa bem. E temerosa com o que pode acontecer à saúde de suas atletas nas próximas partidas, que seguirão sem a obrigatoriedade de médicos e ambulância.
Bombeiros levam a jogadora até a ambulância e a encaminham a uma Unidade de Pronto Atendimento — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco




Fonte: Por Larissa Keren — João Pessoa

'Meu marido cortou minhas mãos com um machado': a violência doméstica russa

Segunda-feira, 19 de novembro de 2018
"Ele me levou para uma floresta, um lugar isolado. E gritou: coloca suas mãos na árvore. Eu chorei, gritei, implorei para ele não me machucar. Então ele disse para eu não olhar, e começou a cortar minhas mãos".

Essa história dramática pertence à russa Margarita Gracheva, de 26 anos, vítima de violência doméstica praticada por seu então marido.

Em dezembro de 2017, depois de deixar os filhos do casal no berçário, seu agora ex-marido Dmitry Grachev a levou a um bosque nos arredores de Moscou. No local, ele prendeu Margarita com torniquetes e amputou as duas mãos da esposa com um machado.

Em seguida, ele a levou a um hospital e entregou uma caixa aos médicos - nela, havia a mão direita de Margarita. Depois, Grachev se entregou à polícia.

O caso de Margarita aponta para o problema da violência doméstica na Rússia. No ano passado, o país relaxou as leis de violência contra as mulheres do código penal.
Os médicos conseguiram reimplantar a mão esquerda de Margarita Gracheva em uma operação que durou 10 horas. Imagem: BBC
O marido de Margarita foi condenado a 14 anos de prisão na última quinta-feira, 15 de novembro.

Ameaças
Dias antes do ataque, Dmitry Grachev ameaçou a esposa com uma faca. "Ele pegou uma faca e colocou em meu pescoço. Ele repetia: Admita, você está me enganando ou não?", diz Margarita à BBC.

"Quando fui à polícia, tinha certeza que eles viriam a minha casa no dia seguinte, mas não foi assim que aconteceu", contou ela.

"O policial me disse: 'Vocês vão fazer as pazes, isso não é importante'. O caso foi encerrado. Três dias depois, ele me levou para a floresta e cortou minhas mãos", conta Margarita.
Dmitry Grachev foi condenado a 14 anos de prisão. Imagem: Getty Images

Rússia modificou leis sobre violência doméstica
Em fevereiro de 2017, o Congresso da Rússia modificou o código penal do país para eliminar algumas das leis que puniam a violência doméstica. A mudança foi sancionada pelo presidente Vladimir Putin.

Segundo a nova legislação, as agressões que causam dor física, mas não lesões, e deixam hematomas, arranhões e ferimentos superficiais nas mulheres ou crianças não são consideradas crime, mas uma falta administrativa. As agressões só viram um processo criminal caso haja reincidência - e isso só acontece se a vítima conseguir provar que foi agredida mais de uma vez.

Essas mudanças motivaram uma série de protestos de ativistas nas ruas da Rússia. Mais de 600 mulheres são mortas em suas casas a cada mês no país, de acordo com estimativas policiais.
Margarita Gracheva procurou a polícia depois de ter sido ameaçada, mas caso foi encerrado e ele, apenas multadoImagem: Getty Images

Um relatório da ONG Human Rights Watch (HRW) afirmou que as mudanças na lei iriam retirar uma proteção importante e deixar as mulheres mais vulneráveis à violência.

O governo russo criticou o relatório, alegando que ele não refletia a realidade do país.

No caso de Margarita, como de outras milhares de mulheres da Rússia, os abusos começaram com espancamentos, mas eles foram desconsiderados pela polícia. "A princípio, pensei que algo estava estranho. A polícia classificou meu caso como uma falta administrativa e não como crime. Você bate em alguém e é apenas multado", diz ela.

Seu ex-marido foi multado em 10 mil rublos (cerca de R$ 560) por tê-la ameaçado com uma faca.
Dmitry Grachev foi condenado e proibido de ver os filhosImagem: Getty Images

Marido foi julgado e condenado
Dmitry Grachev foi a julgamento sob as acusações de sequestro, ameaça de morte e lesão corporal grave contra sua ex-esposa.

No processo, ele confessou ter cortado as mãos de Margarita.

Na quinta-feira, ele foi condenado a 14 anos de prisão. Também foi proibido de ver os filhos.

"Meus filhos não sabem o que aconteceu. Pensam que sofri um acidente. É difícil para eles. Não sei como explicar", diz Margarita.

"Para mim, seria melhor que ele tivesse sido condenado à prisão perpétua. Eu ficaria mais segura. Se ele sair e, eventualmente, morar perto de mim, não será seguro para mim e meus filhos."

Recuperação
"Minha mão esquerda se perdeu na floresta. Mais tarde, ela foi encontrada. Estava quebrada em oito partes. A pele e as veias foram transplantadas", diz Margarita.

Os médicos reconstruíram e reimplantaram sua mão esquerda em uma operação que durou 10 horas.

Pessoas do mundo inteiro enviaram doações a Margarita, que conseguiu arrecadar R$ 243 mil para adquirir uma mão prótese biônica para a mão direita.




Fonte: Universa

domingo, 18 de novembro de 2018

Maia disputa reeleição à presidência da Câmara com outros sete

Domingo, 19 de novembro de 2018
À medida que o ciúme dos demais líderes de partidos cresce e o distanciamento de Maia com Bolsonaro se mantém, os nomes na disputa da presidência da Casa aumentam.
Maia vai oferecer um jantar a cerca de 40 deputados novatos na próxima terça-feira, o que pode ser considerado o seu primeiro ato de campanha (Foto: Reprodução)
A reeleição de Rodrigo Maia (RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados está ameaçada pela forte presença do partido dele, o DEM, no futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL), bem como pela distância que o presidente eleito vem mantendo de Maia.

À medida que o ciúme dos demais líderes de partidos cresce e o distanciamento de Maia com Bolsonaro se mantém, os nomes na disputa da presidência da Casa aumentam.

Segundo noticiado pelo 'Globo' neste domingo (18), já são sete possíveis concorrentes ao cargo: João Campos (PRB-GO), Alceu Moreira (MDB-RS), Capitão Augusto (PR-SP), Giacobo (PR-PR), Fábio Ramalho (MDB-MG), JHC (PSL-AL) e Delegado Waldir (PSL-GO).

Bolsonaro disse anteriormente que não quer interferir no processo, mas já avisou a Maia que existem “outros candidatos muito bons”. O presidente eleito é aliado de três deles: Alceu Moreira (bancada ruralista), João Campos (evangélica) e Capitão Augusto (da segurança).

No entanto, ainda segundo a publicação, aliados de Maia se dizem tranquilos, pois, na visão deles, os oponentes não conseguirão votos fora dos seus nichos e, por isso, não representam ameaça.

Para garantir, Maia vai oferecer um jantar a cerca de 40 deputados novatos na próxima terça-feira (20), o que pode ser considerado o seu primeiro ato de campanha.




Fonte: ClickPB

Mulher de 24 anos se casa com homem de 78 e o mata após obrigá-lo a fazer relações sexuais 7 dias sem parar

Domingo, 19 de novembro de 2018
Uma mulher de 24 anos foi presa por ter matado o marido, um fazendeiro de 78 anos, após uma maratona de relações regada a viagra, ela mentiu dizendo que estava apaixonada pelo idoso apenas para conseguir se casar e colocar seu plano em pratica interessada em seus bens.

Augusto Ribeiro era um dos maiores fazendeiros do estado do Amazonas. A neta do idoso de 13 anos conseguiu Hackear o celular da mulher e ter flagrado mensagens dela com outra amiga falando.

“Casei com este velho apenas para ficar com tudo que ele tem, quem gosta de velho é INSS e sindicato”.

Na delegacia a mulher disse: “ Eu não tive a intenção de matá-lo, estávamos apenas 'fazendo amor’".

O delegado informou que além do assassinato a mulher também se enquadra no Artigo 215 do código penal, e apesar de pouco divulgado na imprensa é um crime bastante comum. Se casar com alguém ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima.

Comete esse crime, por exemplo, a mulher que engana o marido ou namorado dizendo está apaixonada ou sentir um grande amor pela pessoa, de forma mentirosa apenas com interesse nos bens é um crime, afirmou o delegado.

A mulher presa admitiu ter dito que não amava o marido, porem disse que não queria matar o companheiro, e que ela era completamente apaixonada pelo velho, e que ela não sabia que mentir para se casar com um idoso fazendeiro rico também é crime.




Fonte: Nordeste 1

João Azevêdo parabeniza Ricardo Coutinho por seu aniversário neste domingo

Domingo, 19 de novembro de 2018
Completando 58 anos neste domingo, Ricardo recebeu homenagens de seus aliados através das redes sociais.
João destacou a liderança desempenhada pelo atual governador (Foto: Reprodução)
O governador eleito João Azevêdo usou suas redes sociais neste domingo (18) para prestar homenagem ao atual governador Ricardo Coutinho devido ao seu aniversário.

Completando 58 anos neste domingo, Ricardo recebeu homenagens de seus aliados através das redes sociais. João destacou a liderança desempenhada pelo atual governador.

“Mais que um grande governador, mais que um grande líder, mais que um grande ser humano, hoje é também o aniversário de um grande amigo: parabéns, Ricardo Coutinho. Quero desejar muitas felicidades a esse companheiro de tantas e tantas batalhas, que a vida lhe traga as alegrias e realizações que você merece. Viva Ricardo!”




Fonte: ClcikPB

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Idosa de 102 anos afirma que o segredo para viver mais é beber cerveja

Sexta-feira, 16 de novembro 2018
Se você é um amante da cerveja, com o que vamos dizer hoje, você será a pessoa mais feliz do planeta e também fará com que você ame ainda mais essa bebida deliciosa e refrescante.

Nos Estados Unidos, mora uma mulher chamada Mildred Bowers, que toma uma cerveja todos os dias.

Ela diz que seu médico recomendou beber uma cerveja todos os dias por uma razão simples, sua vida será mais longa se ela fizer. Você acha que é verdade?

Aos 102 anos, Mildred está convencida de que existe uma fórmula mágica e secreta que pode mantê-lo saudável e em boas condições por muitos anos, muito mais do que você imagina que viverá.

Essa simpática vovó mora na Carolina do Sul, e conta que seu segredo para viver tanto é justamente isso, tomar uma cerveja por dia e sempre ao mesmo tempo como se fosse um remédio.

Esta linda vovó não se importa com o que dizem sobre ela e se vangloria de seu gosto pela cerveja. Por muitos anos ela bebe um por dia e nem sequer remotamente pensa em pará-lo porque além disso ela adora, seu médico recomendou.

Finalmente, um remédio que eu gosto e que nunca esquecerei de tomar.

Logo ela terá 103 anos e como esperado, ela vai celebrar em grande estilo com muita cerveja, todos nós gostaríamos de chegar a essa idade, mas não só isso, gostaríamos de fazê-lo e continuar a desfrutar de uma cerveja gelada e deliciosa.

Você acha que isso é verdade? Se é verdade ou não, é uma boa desculpa para continuar a desfrutar desta bebida rica ao longo da vida.




Fonte: Revista PT

Deborah Secco exibe corpão em dia de sol nas Malvinas: "Paraíso"

Sexta-feira, 16 de novembro 2018
Atriz está viajando com o marido, Hugo Moura
Débora Secco (Foto: Reprodução/Instagram)
UAU! Deborah Secco aproveitou o dia de muito sol nas Ilhas Maldivas para exibir o corpão em uma foto de biquíni publicada na tarde desta sexta-feira (16) no Instagram. "Paraíso", escreveu ela na legenda. Ela está viajando com o marido, Hugo Moura.

Mais cedo, Deborah mostrou que ela e Hugo trocaram de quartos e comparou nas redes sociais os cômodos. Eles estão hospedados em um hotel de luxo. Para o mesmo período de hospedagem em 2019, as diárias do hotel variam de 4,7 mil reais a 11,3 mil reais, dependendo do tipo de acomodação (veja fotos do hotel aqui).

Os dois, que estavam no elenco de Segundo Sol, novela que acabou na semana passada, deixaram a filha, Maria Flor, no Brasil com a família. As Ilhas Maldivas são um dos destinos preferidos dos famosos, como Bruna Marquezine, Juliana Paes, Simaria, Tatá Werneck, entre outros.

Todas as fotos de Deborah Secco são de:







Fonte: Quem Acontece

Botafogo vence Chapecoense, se afasta do Z-4 e ajuda Corinthians e Vasco

Sexta-feira, 16 de novembro 2018
O Botafogo foi até Santa Catarina nesta quinta-feira e venceu a Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá, em duelo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Luiz Fernando, aos 28 minutos do segundo tempo, fez o gol do Botafogo nesta quinta.

Com este resultado, o Glorioso se afasta cada vez mais da zona de rebaixamento e vai aos 44 pontos no Brasileiro, subindo para 11º e abrindo sete pontos de vantagem para a Chape, que segue com 37 e é a primeira equipe do Z-4.

O Botafogo acabou ajudando indiretamente o seu rival Vasco, que segue com 39 pontos, e também o Corinthians (40 pontos). Ambos poderia ficar mais próximos da zona de rebaixamento em caso de empate ou vitória da Chapecoense.

O jogo
A partida começou com o Botafogo tentando impedir a pressão da Chapecoense. Mesmo tendo mais posse de bola, os donos da casa não conseguiam levar perigo ao gol de Gatito Fernández. Assim, o confronto se mantinha sem emoção.

A primeira boa oportunidade do jogo aconteceu somente aos 19 minutos. Em avanço rápido, Marcinho foi lançado pela direita e cruzou rasteiro para Erik. O atacante chutou de primeira, mas pela linha de fundo. A resposta da Chapecoense veio em uma sequência de bolas levantadas na área alvinegra. Só que a zaga carioca estava atenta para impedir as finalizações.

O panorama da partida seguia o mesmo. O Botafogo não era defensivo, mas tinha dificuldade em finalizar com perigo. Já a Chapecoense buscava os cruzamentos e via a zaga alvinegra aliviar a pressão. Nos minutos finais, os visitantes mantiveram a posse de bola e seguraram o empate até o intervalo.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou melhor e passou a dominar as ações em campo. No entanto, a primeira boa chance de gol veio somente aos 11 minutos, em chute de longe de Elicarlos.

Aos poucos, o Botafogo equilibrou a partida, mas tinha dificuldade em avançar ao ataque. A Chapecoense só voltou a assustar em cobrança de falta de Diego Torres, aos 24 minutos.

Só que aos 27 minutos, o Botafogo conseguiu chegar com qualidade ao ataque e abriu o placar na Arena Condá. Após boa troca de passes, a bola chegou em Luiz Fernando, que chutou sem chances para Jandrei.

Mesmo depois do revés, a Chapecoense permaneceu com problemas na criação de boas jogadas. O Botafogo recuou e passou a buscar os contra-ataques. Assim, o confronto voltou a ficar monótono.

Somente nos minutos finais, os donos da casa pressionaram em busca do empate. A Chapecoense passou a rondar a área alvinegra, mas continuava vendo a zaga carioca levar a melhor no alto. Assim, o Botafogo segurou o resultado até o apito final.

FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 0 X 1 BOTAFOGO
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 15 de novembro de 2018 (Quinta-feira)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda: R$ 255.850,00
Público: 17.261 presentes
Cartões amarelos: Amaral (Chapecoense); Luiz Fernando (Botafogo)
GOL: BOTAFOGOLuiz Fernando, aos 27min do segundo tempo

CHAPECOENSE
Jandrei, Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco (Alan Ruschel); Amaral, Elicarlos, Héctor Canteros (Diego Torres) e Doffo (Bruno Silva); Leandro Pereira e Wellington Paulista. Técnico:Claudinei Oliveira

BOTAFOGO
Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Dudu Cearense (Marcelo Benevenuto), Matheus Fernandes, Luiz Fernando e Leonardo Valencia (Renatinho); Erik (Rodrigo Pimpão) e Brenner. Técnico: Zé Ricardo.




Fonte: ESPN

POLICIAL

GALERIAS DE FOTOS

ENTRETENIMENTO

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T