ULTIMAS NOTICIAS

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Rombo das contas externas sobe para US$ 50 bilhões em 2019, pior resultado em 4 anos

Terça-feira, 28 de janeiro  de 2020
Matéria do G1
Foto: Reprodução
As contas externas do Brasil registraram um rombo de US$ 50,762 bilhões no ano de 2019, o que representa uma alta de 22% frente ao ano anterior, quando somou US$ 41,540 bilhões. Os número foram divulgados nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central.

O déficit em transações correntes, um dos principais sobre o setor externo do país, é formado pela balança comercial (comércio de produtos entre o Brasil e outros países), pelos serviços adquiridos por brasileiros no exterior e pelas rendas (remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior).

O resultado ficou um pouco abaixo da previsão do BC para o ano passado (o déficit esperado era de US$ 51,1 bilhões). Ainda assim, foi o maior déficit em transações correntes em quatro anos.

De acordo com os dados do BC, o aumento no rombo das contas externas se deve, principalmente, ao saldo da balança comercial que, apesar de positivo, foi US$ 13,64 bilhões menor do que em 2018.

A conta de serviços registrou déficit igual ao do ano passado, enquanto as rendas diminuíram seu rombo, que caiu de US$ 58,285 bilhões, em 2018, para US$ US$ 55,989 bilhões no último ano.

-Somente em dezembro do ano passado, de acordo com informações oficiais, o rombo nas contas externas somou US$ 5,691 bilhões, contra US$ 6,116 bilhões no mesmo mês de 2018.
-Para todo ano de 2020, a expectativa do Banco Central é de uma nova piora no déficit em transações correntes, para US$ 57,7 bilhões.

Investimento estrangeiro direto
O Banco Central também informou que os investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira somaram US$ 78,559 bilhões em 2019, com pequena alta frente ao ano anterior – quando totalizou US$ 78,163 bilhões.

Com isso, os investimentos estrangeiros foram suficientes para cobrir o rombo das contas externas no ano de 2019, de US$ 50,762 bilhões.INGRESSO DE INVESTIMENTO ESTRANGEIRO DIRETO NO PAÍSEM US$ BILHÕES201020112012201320142015201620172018201960k70k80k90k100k110kFonte: BANCO CENTRAL

-Somente em dezembro do ano passado, os investimentos estrangeiros na economia brasileira somaram US$ 9,434 bilhões, contra US$ 8,294 bilhões no mesmo mês de 2018.
-Para 2020, o Banco Central estima um ingresso de US$ 80 bilhões em investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira.

Revisão da metodologia
Em agosto do ano passado, o Banco Central mudou a metodologia de cálculo dos números das contas externas e, por isso, revisou os valores registrados nos últimos anos.

De acordo com a instituição, a revisão refletiu o uso de “novas fontes de dados para as transações entre residentes e não residentes realizadas diretamente no exterior – buscando suprir esta que é a mais importante lacuna de informações no balanço de pagamentos brasileiro –, além da melhoria de qualidade de fontes já existentes”.

Por conta da alteração, o rombo na contas externas do ano de 2017 subiu de US$ 7,2 bilhões (estatística anterior) para US$ 15 bilhões. O déficit em transações correntes de 2018 foi revisado de US$ 15 bilhões para US$ 41,5 bilhões.

A revisão também afetou o resultado do ingresso de investimentos diretos na economia brasileira.

Em 2017, por exemplo, pela nova metodologia, os investimentos estrangeiros somaram US$ 68,9 bilhões, contra os US$ 70,3 bilhões informados anteriormente. Em 2018, foram de US$ 88,3 bilhões para US$ 78,1 bilhões.





Por: G1

Ana Maria Braga anuncia que foi diagnosticada novamente com câncer


Terça-feira, 28 de janeiro  de 2020
De acordo com a apresentadora, a doença é mais agressiva que as anteriores e não é possível cirurgia e nem radioterapia
Foto: Reprodução
Ao final do programa Mais Você, desta segunda-feira (27/1), a apresentadora Ana Maria Braga anunciou que enfrenta mais uma luta contra o câncer, desta vez no pulmão e mais agressivo. De acordo com ela, a doença é adenocarcinoma, mais agressiva que as anteriores e não é possível cirurgia e nem radioterapia.

Na mensagem dirigida ao público ao lado de Louro José, a apresentadora tabém agradeceu a emissora. “Eu quero muito agradecer a Globo pela oportunidade que estão me dando de me permitir de ser a Ana Maria que sou, a amiga que sou, de serem tão meus amigos, se faz parte da minha vida, é importante pra mim, eu quero dividir com aquelas pessoas que me fazem estar aqui, que são vocês do outro lado”, declarou.

Ainda segundo a apresentadora, a descoberta foi no começo do ano. “Só recordando um pouquinho: eu tive dois cânceres, pequenos câncer de pulmão no passado. Vocês me deram força e um foi operado e outro foi tratado com radioterapia e cirurgia. Agora, infelizmente, eu fui diagnosticada com um novo câncer de pulmão”, prosseguiu.
Logo após o fim do programa Mais Vocêa apresentadora Fátima Bernardes aproveitou o início do Encontro para mandar mensagem de apoio à colega matinal. "Nós temos certeza de que você vai vencer esta etapa. Todo o tratamento vai resultar em algo muito positivo. Você é realmente uma inspiração pela verdade, pela coragem, pela franqueza com que trata o seu público", disse.

Tratamento
A âncora também disse que o tratamento em 24 de janeiro. "Recebei o primeiro ciclo de um tratamento que consistiu de uma combinação de quimioterapia com imunoterapia", informou. Ainda segundo ela, as sessões de tratamento serão a cada 21 dias. Ana Maria também pediu orações dos telespectadores para superar os efeitos colaterais e contou que espera comandar o programa até o começo das férias, em 7 de fevereiro.





Por: Correio Braziliense

Estado paga salários da janeiro com reajuste a partir de quinta-feira


Terça-feira, 28 de janeiro  de 2020
Matéria do Portal WSCom
Foto: Portal WSCom
O pagamento do funcionalismo público estadual, referente ao mês de janeiro, será efetuado nos próximos dias 30 e 31, já com o reajuste anunciado pelo governador João Azevêdo. Na quinta-feira (30), recebem os aposentados e pensionistas. Já na sexta-feira (31) será feito o pagamento dos servidores da ativa. O anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, desta segunda-feira (27), transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara e pelas redes sociais do Governo.

Na oportunidade, o governador João Azevêdo enfatizou que o pagamento de janeiro já virá com o reajuste linear de 5% para todas as categorias, inclusive aposentados e pensionistas e também com o aumento de 12,84% para o magistério. “É importante dizer que isso é fruto de um esforço muito grande do Governo. Alguns estados vão judicializar os aumentos em função da incapacidade de pagamento dos 12,84% para o magistério e não estão dando aumento geral nenhum”, frisou.

Vale lembrar que a Paraíba é o estado do país que concedeu o maior reajuste salarial aos servidores públicos em comparação com os demais estados do país, de acordo com dados do Conselho dos Secretários de Planejamento e da Gestão Estratégica das Finanças (Gefin).

Durante o Fala Governador, João Azevêdo ainda acrescentou: “Mais uma vez, vamos fazer o pagamento dos servidores estaduais dentro do mês trabalhado, na quinta e na sexta-feira. A Paraíba fez o dever de casa, se preparou, fez ajustes no ano passado para que a gente continue no mesmo ritmo de crescimento em 2020”, ressaltou.

Calendário
30/01 – aposentados e pensionistas
31/01 – servidores da ativa





Por: WSCom

Léo Moura comemora chegada ao Botafogo-PB e diz que lutará pelo título inédito do Clube na Copa Nordeste

Terça-feira, 28 de janeiro  de 2020
O jogador comentou a decisão de ingressar no time paraibano e destacou em uma postagem no seu perfil no instagram que esse é mais um passo para manter sua carreira vitoriosa.

"Por onde passei, graças a Deus e muito trabalho, conquistei títulos...Em 2020 não será diferente." (Foto: reprodução)

Após o presidente do Botafogo da Paraíba, Sérgio Meira, oficializar a contratação de Léo Moura, na tarde desta segunda-feira (27), o jogador de 41 anos disse que jogará para conseguir o inédito título da Copa do Nordeste, o acesso e o campeonato paraibano.

O jogador comentou a decisão de ingressar no time paraibano e destacou em uma postagem no seu perfil no instagram que esse é mais um passo para manter sua carreira vitoriosa. "Por onde passei, graças a Deus e muito trabalho, conquistei títulos...Em 2020 não será diferente. Com muito orgulho chego motivado para mais este desafio, agora com a camisa do @botafogopb. Vamos buscar o inédito título da Copa do Nordeste, o acesso e o campeonato paraibano. Conto com o apoio da torcida do Maior da Paraíba. Juntos, faremos história!", comemorou.

Léo Moura tem um currículo de dar inveja a qualquer jogador de futebol. Ele conquistou quase todos os títulos, jogando em grandes clubes do país, como Flamengo, São Paulo, Fluminense e Grêmio. O lateral jogou até o fim de 2019 no Grêmio, onde fez 23 jogos. Léo Moura tem passagens por times de destaque do Brasil, como o Flamengo, onde virou ídolo e teve como principais feitos os títulos do Brasileirão (2009) e da Copa do Brasil (2006 e 2013). Pelo Tricolor gaúcho, ajudou nas conquistas da Libertadores (2017), da Recopa Sul-Americana (2018) e de dois Gauchões (2018 e 2019).





Por: ClickPB

Sobe para 106 o número de mortos pelo coronavírus


Terça-feira, 28 de janeiro  de 2020
Autoridades de saúde da China afirmam que mais de 4 mil pessoas foram infectadas.
O impacto econômico do surto de coronavírus continua a se espalhar, inclusive fora da China. (Foto: Reprodução)
O número de mortes causadas pela nova variante do coronavírus chegou a 106 depois que autoridades da província de Hubei anunciaram  24 mortes na manhã desta terça-feira (28). Autoridades de saúde da China afirmam que mais de 4 mil pessoas foram infectadas.

O premiê chinês Li Keqiang visitou Wuhan, foco do surto, para demonstrar a seriedade com que Pequim está considerando o problema. Li visitou pacientes e profissionais da área médica que estão atuando na linha de frente de combate à doença.

As autoridades de saúde da China afirmam que as pessoas que visitaram Wuhan e outras áreas afetadas serão monitoradas por um período de duas semanas. He Qinghua, funcionário da Comissão Nacional de Saúde, avisou que "qualquer pessoa que tenha sido infectada será imediatamente encaminhada para um hospital e mantida sob quarentena".

O prefeito de Wuhan, Zhou Xianwang, admitiu que a cidade não forneceu informações sobre a nova variante do coronavírus em tempo hábil. Zhou atribuiu o atraso ao fato de que o governo local tinha a obrigação de conseguir uma autorização antes de divulgar informações.

Até o momento, cerca de 65 casos foram notificados em 17 países e territórios em todo o mundo.

A China está intensificando as medidas para conter o vírus. O feriado prolongado do Ano-Novo Lunar foi estendido até 2 de fevereiro. O surto também está afetando a economia chinesa. As autoridades em Shanghai pedem que estabelecimentos comerciais na cidade permaneçam fechados até o dia 9 de fevereiro.

Diversas escolas e creches na China decidiram adiar a volta às aulas.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, está em Pequim. Ele deve se reunir com autoridades chinesas para discutir a melhor forma de combater o surto.

Impacto internacional
O impacto econômico do surto de coronavírus continua a se espalhar, inclusive fora da China.

O governo chinês diz que o número de pessoas que usam o transporte público em todo o país caiu cerca de 30% por cento no sábado (25), o primeiro dia do Ano-Novo Lunar – em comparação com o mesmo período no ano passado.

Outros países também estão sentindo os efeitos. A China proibiu viagens em grupo para o exterior, incluindo o Japão.

O ministro da Revitalização Econômica do Japão, Yasutoshi Nishimura, disse que os chineses representam cerca de 30% do total de turistas estrangeiros no Japão. "E não é apenas isso, a produção e o consumo chinês podem ser prejudicados caso a situação se prolongue. Há preocupação de que isso poderia afetar a produção e as exportações japonesas, bem como os lucros corporativos."

Nishimura também lembrou os riscos sobre a volatilidade do câmbio e do mercado de ações, e acrescentou que vai monitorar de perto as movimentações financeiras.

A Bolsa de Valores de Xangai, por exemplo, retomaria suas atividades na sexta-feira (31), mas, até o momento, a informação é de que não voltará a operar até a próxima segunda-feira (3).





Por: Agência Brasil

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Estado prepara serviços para possíveis casos de Coronavírus

Segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
Até o momento, mais de 1,9 mil pessoas já tiveram diagnósticos de Coronavírus confirmados na China
Clementino Fraga, em João Pessoa, é unidade de referência para atendimento de casos suspeitos (Foto: Reprodução/Google Street View)
Diante dos casos de doença respiratória na China, causada pelo novo Coronavírus, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), alerta a população acerca dos sintomas e formas de prevenção e prepara profissionais de saúde para atenderem casos suspeitos da doença.

Na Paraíba, as medidas incluem divulgação de nota técnica para os profissionais de saúde indicando o fluxo de atendimento, unidade estadual de referência para tratamento, além de orientações de vigilância em saúde e medidas de prevenção para a população e profissionais de saúde. O monitoramento de portos e aeroportos é realizado pela Anvisa. A nota será publicada nesta segunda-feira (27), segundo orientações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde.

“Nós temos, na rede estadual, uma estrutura hospitalar preparada para atender casos suspeitos de Coronavírus, que é o Complexo de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, em João Pessoa. Então para qualquer caso que se encaixe no perfil deve ser solicitada a transferência para este serviço”. Na eventualidade de ser identificada alguma vítima em outro serviço da rede, está previsto até o transporte aeromédico para garantir o melhor tratamento disponível para este paciente. Nós estamos atentos ao que acontece no mundo e preparados”, garante o secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros.

O secretário também falou sobre a possibilidade de adquirir equipamentos de proteção individual (EPI) em maior volume, caso seja necessário, além de aumentar a vigilância em portos, aeroportos e fronteiras, como sugere o protocolo do Ministério da Saúde. “Se for necessário, iremos aderir a uma ata para aquisição de EPI para proteger pacientes e profissionais”.

Sobre os sintomas, Geraldo Medeiros alerta que é recomendado à população que, se tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar, dentro de um período de 14 dias após viagem para China ou contato direto com pessoa com caso confirmado de Coronavírus, deve-se buscar imediatamente um serviço de saúde.

Sobre o Coronavírus
Coronavírus é um vírus que tem causado doença respiratória pelo agente Coronavírus, recentemente identificado na China. Os Coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em serem humanos e animais. Geralmente, infecções por Coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns Coronavírus podem causar doenças graves, com impacto importante na saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARG), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

Até o momento, mais de 1,9 mil pessoas já tiveram diagnósticos de Coronavírus confirmados na China e 49 estão curadas. Cinquenta e seis mortes, todas localizadas na China, estão relacionadas com a doença. Dezesseis países registraram casos da doença, nenhum deles na América do Sul.

Não há nenhum medicamento específico para conter o Coronavírus. O tratamento indicado inclui repouso e ingestão de líquidos, além de medidas para aliviar os sintomas, como analgésicos e antitérmicos. Nos casos de maior gravidade, com pneumonia e insuficiência respiratória, suplemento de oxigênio e mesmo ventilação mecânica podem ser necessários.

Para reduzir o risco de infecção pelo novo Coronavírus, a orientação é de “evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas, lavar frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente e antes de se alimentar; usar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir; evitar tocar nas mucosas dos olhos; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes bem ventilados;  evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações”, alerta o secretário de Saúde.

Com base nas informações atualmente disponíveis, a Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda restrição de viagens ou comércio. “Devemos acompanhar as recomendações, que são dinâmicas e podem mudar de um dia para outro”, esclarece Geraldo Medeiros. O Comitê de Emergência da OMS declarou que é cedo para declarar a situação como emergência em saúde pública de interesse internacional neste momento, devido ao número limitado e localizado de casos e pelas medidas que já estão sendo tomadas para que o surto não se espalhe.





Por: Portal Correio

Lula cita nazismo ao atacar Globo e defende críticas de Bolsonaro à imprensa

Segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
Questionado sobre os ataques de Bolsonaro a jornalistas, Lula afirmou que, durante seu governo, de 2003 a 2010, houve "um momento de oito anos de pensamento único contra o Lula"
Sobre as eleições de 2020, Lula falou que o PT "não tem os grandes nomes que já teve na ativa" e que o partido está disposto a fazer alianças políticas. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo)
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) citou o nazismo ao falar sobre o tratamento jornalístico dado pela TV Globo às mensagens da Lava Jato obtidas pelo site The Intercept Brasil. Para ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz algumas críticas à emissora que são corretas.

As declarações foram dadas em entrevista ao UOL publicada neste domingo (26).

Questionado sobre os ataques de Bolsonaro a jornalistas, Lula afirmou que, durante seu governo, de 2003 a 2010, houve "um momento de oito anos de pensamento único contra o Lula".

Em seguida, relacionou ao nazismo à cobertura jornalística da TV Globo sobre as mensagens obtidas pelo Intercept e divulgadas pelo site em parceria com outros veículos, como a Folha. Os diálogos colocaram em dúvida a imparcialidade do então juiz Sergio Moro ao expor sua atuação nos bastidores, em parceria com policiais e procuradores na linha de frente das investigações.

"O que a Globo está fazendo com o Intercept, era capaz que o nazismo não fizesse. Ela só teve coragem de citar o Intercept duas vezes: quando o Intercept publicou o nome do Faustão, que acho que tinha dado aula pro Moro, e quando foi citar o nome do Roberto D'Ávila, que tinha trabalhado para arrecadar dinheiro para o meu filme. A Globo não fez sequer matéria contra a fajutice da denúncia do Ministério Público [contra o jornalista Glenn Greenwald, diretor do site]. Então, isso é censura", disse Lula.

Os diálogos dos procuradores da Lava Jato, porém, foram alvo de reportagens do programa Fantástico, da TV Globo, quando da revelação das primeiras mensagens. A denúncia do Ministério Público contra Glenn também foi noticiada pela emissora.

Em nota, a emissora afirma que Lula "deveria se informar melhor antes de fazer afirmações falsas".

"A Globo cobriu amplamente as denúncias do Intercept. A Al-Jazeera pediu em julho do ano passado um levantamento sobre a minutagem da cobertura. No levantamento, a Globo informou que, apenas de 9 de junho a 24 de julho, a emissora publicou uma hora e quarenta e três minutos de reportagens sobre o assunto no JN e no Fantástico –se considerássemos os outros telejornais esse tempo seria muitas vezes maior. E nos meses seguintes continuou publicando as novidades do caso. As reportagens estão disponíveis no Globoplay e qualquer um pode atualizar o levantamento", afirmou.

Sobre o caso da denúncia contra Glenn, a Globo diz que "publicou matéria de sete minutos, com ampla divulgação às críticas a ação do procurador, inclusive um vídeo do próprio Glenn".

A citação do petista ao nazismo ocorre cerca de uma semana após a demissão do secretário de Cultura Roberto Alvim, que em um vídeo copiou um trecho de discurso do ministro da Propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels.

Indagado se então o comportamento de Bolsonaro em relação à imprensa seria justificável, o petista respondeu que "tem crítica que ele faz que é correta".

"Acho que tem crítica que ele [Bolsonaro] faz que é correta. Dê a ele o mesmo direito que dá aos outros, direito de falar, abra para ele falar. Na greve dos jornalistas de 1979, os donos de jornais descobriram que não precisavam tanto de jornalistas, que poderiam fazer jornalismo sem precisar do jornalista. Agora, o Bolsonaro está provando que é possível fazer notícia sem precisar dos jornais, da televisão. Ele faz por ele mesmo. Aliás, o Trump já fez escola", continuou.

Lula, no entanto, criticou o fato de o presidente privilegiar as redes sociais em detrimento do atendimento à imprensa.

"Eu ainda respeito, marco toda semana uma entrevista. Não acho que é correto um presidente da República se comunicar pelo seu Twitter, um presidente da República tem a obrigação de prestar contas à democracia, atendendo a imprensa. Não aquele cafezinho formal, em que tem um general como porta-voz, que é tudo quase militarizado. Mais do que no tempo dos militares. Marca uma entrevista livre com a imprensa e deixa a imprensa perguntar!"

Sobre as eleições de 2020, Lula falou que o PT "não tem os grandes nomes que já teve na ativa" e que o partido está disposto a fazer alianças políticas. Afirmou ainda que Eduardo Suplicy, que está reunindo assinaturas de apoio à sua pré-candidatura para a Prefeitura de São Paulo, pode surpreender.

Lula deu razão à Fernando Haddad, que disputou as últimas eleições presidenciais e, segundo o ex-presidente, não quer concorrer à Prefeitura de São Paulo novamente. "O Haddad é um quadro muito importante, tem uma tarefa nacional e internacional importante para o PT. Acho que está correto em não querer ser candidato."

O ex-presidente opinou ainda sobre o primeiro ano de Jair Bolsonaro e afirmou que, mesmo quem não votou em Bolsonaro deve entender que "ele é presidente". Para Lula, o atual presidente deveria "parar de falar bobagem" e "ficar dando recado para o seu clube".

"Eu vou ficar sentado na cadeira, dizendo que ele não presta e torcendo para que dê tudo errado? Não. Nós temos que torcer para que estas pessoas governem pensando na maioria do povo brasileiro", afirmou ele.

O petista disse ainda que Bolsonaro pode recuperar sua popularidade nos próximos anos. "Por isso que eu acho que a gente não tem que ficar perguntando se Bolsonaro cresceu, se ele caiu, ele tem que governar quatro anos, ele foi eleito para cumprir um mandato de quatro anos. E ele que governe com a maior competência possível porque, se for bem, tem o direito a ser candidato à reeleição", completou.





Por: Folhapress

domingo, 26 de janeiro de 2020

Tratamento gratuito melhora qualidade de vida de pessoas com Alzheimer em estágio leve, na PB

Domingo, 26 e janeiro de 2020
Tratamento oferecido em pesquisa da UFPB está previsto para iniciar no final de janeiro, com duração de 60 dias e frequência de três vezes na semana. Projeto ainda aceita candidatos.
UFPB oferta tratamento gratuito para pessoas com Alzheimer em estágio leve durante pesquisa — Foto: Divulgação / Laben-UFPB
A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está promovendo tratamento gratuito para pacientes com sintomas ou diagnóstico de Alzheimer em estágio leve. Serão atendidos oito pacientes com idades superiores a 60 anos. O início do tratamento está previsto para ocorrer no final do mês de janeiro, com duração de 60 dias e frequência de três vezes na semana. O projeto ainda está aceitando candidatos.

O Laboratório de Estudos em Envelhecimento e Neurociências da Universidade Federal da Paraíba (Laben-UFPB) está realizando a pesquisa intitulada de Neuroestimulação e treinamento cognitivo na Doença de Alzheimer. As inscrições podem ser realizadas pelo telefone (83) 9 9994-7407, pelas redes sociais do Laben-UFPB ou pelo e-mail laben@ccs.uefb.br.

De acordo com a professora Suellen Marinho Andrade, a cada dois meses, oito pacientes serão acompanhados recebendo intervenção cognitiva e estimulação cerebral. "O objetivo da pesquisa é avaliar se a estimulação cerebral pode aumentar os efeitos da intervenção cognitiva e, com isso, estabilizar o estágio da doença por mais tempo, fornecendo maior qualidade de vida aos pacientes", explicou.

No tratamento será utilizado a TDCS, um instrumento de baixa intensidade, que induz mecanismos de neuroplasticidade. "O neuroestimulador é portátil, seguro e não oferece riscos à saúde dos pacientes. Consegue alcançar áreas do cérebro que foram danificadas pela doença", afirmou a professora.

De acordo com os pesquisadores, o instrumento pode ser capaz de proporcionar efeitos positivos e até trazer mais de qualidade de vida. Os pacientes que apresentarem melhoras significativas poderão continuar recebendo acompanhamento por mais um ano.





Por: G1 PB

sábado, 25 de janeiro de 2020

Time de futebol contrata jogador de 74 anos e quer entrar no livro dos recordes


Sábado, 25 de janeiro de 2020
Eez El Din Bahder tentará bater recorde de iraquiano naturalizado israelense que atuou como goleiro aos 73

Após ser recebido pelo presidente da Federação, Walid Al-Attar, Bahder se prepara para colocar seu nome no Guinness Book, o livro dos recordes. (Foto: Reprodução)

O 6 de Outubro, clube da terceira divisão egípcia, contratou um jogador de 74 anos, o mais velho do mundo. O acerto com Eez El Din Bahder foi anunciado pela Associação Egípcia de Futebol. A licença de futebol de Bahader revela que ele nasceu em 1945 e completará 75 anos em novembro.

Após ser recebido pelo presidente da Federação, Walid Al-Attar, Bahder se prepara para colocar seu nome no Guinness Book, o livro dos recordes.

Inspetores da organização foram convidados para vê-lo jogar. Espera-se que o novo contratado participe de duas partidas inteiras para quebrar o recorde vigente.

Atualmente, o recorde pertence ao iraquiano naturalizado israelense Issak Hayik, de 73 anos, desde abril do ano passado. Ele se tornou a pessoa mais velha a disputar uma partida de futebol ao atuar com goleiro em partida do Ironi Or Yehuda. O antigo detentor da façanha era Robert Carmona que, em 2015, entrou em campo pelo Pan de Azucar aos 53 anos.





Por: Globo Esporte

Coronavírus chega à Malásia e à Oceania


Sábado, 25 de janeiro de 2020
Com isso, já são 12 os países em 4 continentes afetados pela infecção que surgiu na China e já matou 41 pessoas desde o início do ano.
A China está em uma corrida científica e estrutural para conter o avanço de novos casos de coronavírus. (Foto: Reprodução)
O novo coronavírus chegou à Malásia e a mais um continente, a Oceania. Três casos da doença respiratória foram confirmados neste sábado (25) no país do sudeste asiático, e outro na Austrália. Com isso, já são 12 os países em 4 continentes afetados pela infecção que surgiu na China e já matou 41 pessoas desde o início do ano.

Ainda neste sábado, o Japão confirmou o 3º caso da doença.

Segundo o ministro da Saúde da Malásia, Dzulkefly Ahmad, as três pessoas com a doença têm nacionalidade chinesa e são a mulher e dois netos de um homem de 66 anos que foi diagnosticado com a infecção em Singapura.

Na Austrália, o caso confirmado é de um homem que chegou a Melbourne, no sudeste do país, há uma semana procedente da cidade de Wuhan, epicentro do surto na China. Segundo as autoridades australianas, ele está isolado com pneumonia e seu quadro é estável.

Nas sexta-feira (24), os Estados Unidos confirmaram o 2º caso da doença no país, e a França registrou 3, os primeiros na Europa. Também há casos no Nepal, na Tailândia, Vietnã, Arábia Saudita, Coreia do Sul e Japão.

41 mortes na China
Na China, onde o surto começou e o único país a registrar mortes, o número de vítimas fatais subiu para 41 na sexta-feira. São 39 mortos apenas na província de Hubei, que 15 teve casos confirmados em um mesmo dia.

Na região, onde fica a cidade de Wuhan, há um total 729 infecções e 4.711 pessoas em observação. A província de Hubei tinha 13 cidades com restrições de circulação até sexta-feira, o que afeta cerca de 40 milhões de pessoas.

As restrições incluem fechamento de estações de trens, rodoviárias, transportes urbanos e de circulação de carros por algumas estradas. As autoridades ainda não informaram quando essas medidas serão retiradas.

A China está em uma corrida científica e estrutural para conter o avanço de novos casos de coronavírus. Além de desenvolver pesquisas para identificar detalhes da cepa do vírus e de impor restrições de circulação e fechamento de pontos turísticos, o país está construindo um hospital para tratar exclusivamente dos infectados.

O empreendimento segue o modelo de Pequim para tratamento de doenças respiratórias agudas, conhecidas como SARS. O hospital terá 1 mil leitos, uma área de 25 mil m² e deverá ser inaugurado em 3 de fevereiro.





Por: G1

Cabra com 'rosto quase humano' é adorada como divindade em povoado na Índia


Sábado, 25 de janeiro de 2020
Matéria do UOL, em São Paulo
Cabra com mutação rara é adorada em vilarejo na Índia Imagem: Reprodução/YouTube/GoneViral
Uma cabra que nasceu com uma rara mutação está sendo adorada como uma divindade em um vilarejo na Índia por causa do seu rosto "quase humano".

De acordo com informações do site britânico "The Mirror", moradores do vilarejo de Nimodia, em Rajasthan, no noroeste da Índia, estão surpresos com o rosto achatado e os olhos do animal, que se parecem muito com um rosto humano.

Por causa disso, alguns acreditam que o animal seja um avatar, o que na crença hindu é uma manifestação corporal de uma divindade.

Vídeos mostrando o rosto da cabra já se tornaram virais nas redes sociais.





Por: OUL, São Paulo

'Menino mais gordo do mundo' perde 110 kg e quer ser jogador de futebol


Sábado, 25 de janeiro de 2020
Matéria do UOL, em São Paulo
Antes e depois de Arya Permana, apelidado de "menino mais gordo do mundo", que perdeu 110 kg em 3 anosImagem: Reprodução/Instagram/Ade Rai
Apelidado há três anos de "menino mais gordo do mundo", o indonésio Arya Permana, 13 anos, agora é visto como um exemplo de superação em seu país. Aos 10 anos, quando pesava 193 kg, ele decidiu lutar contra a balança para ir atrás de um de seus sonhos: ser jogador de futebol.

Depois de passar por uma cirurgia bariátrica, mudar completamente a alimentação e começar a se exercitar, o menino conseguiu perder 110 kg —agora ele pesa 83 kg.

"Arya é agora um símbolo de esperança. As pessoas dizem: 'Se Arya pode perder peso, por que eu não posso'", afirmou ao jornal "Asia One" o personal trainer e fisiculturista Ade Rai.

O personal ajudou o adolescente tanto com a parte física como alimentar. Além de praticar exercícios diários, Arya trocou os doces por frutas e vegetais. Em seu Instagram, Rai publicou um vídeo com a evolução de seu aluno (assista ao vídeo ao final deste texto).

Devido à perda de peso, o adolescente precisará passar por, pelo menos, duas cirurgias plásticas para remover o excesso de pele dos braços e dos peitos.

"Eu consigo caminhar 5 km com meus amigos e toda tarde jogo futebol com eles", disse o menino ao jornal asiático. "Meu time favorito é o Liverpool e o meu ídolo é o Roberto Firmino. Eu quero jogar igual a ele.".





Por: UOL, São Paulo

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Governo quer 'imposto do pecado' sobre cigarro, álcool e doces, diz Guedes em Davos


Sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
A novidade da proposta seria a cobrança do imposto adicional sobre doces, considerados um fator para a obesidade, especialmente a infantil, elevando o risco de desenvolvimento de doenças graves como o diabetes.
Segundo dados de 2018 compilados pelo Ministério da Saúde, 1 em cada 5 brasileiros é obeso — recorde no país. (Foto: Reprodução)
DAVOS, SUÍÇA (FOLHAPRESS) — O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou o governo estuda incluir na proposta de reforma tributária um "imposto sobre pecados", que seria cobrado sobre produtos que prejudicam a saúde, como cigarro, bebidas e armas. A novidade da proposta seria a cobrança do imposto adicional sobre doces, considerados um fator para a obesidade, especialmente a infantil, elevando o risco de desenvolvimento de doenças graves como o diabetes.

"Pedi simulações para, dentro da discussão dos impostos seletivos, agrupar o que os acadêmicos chamam de impostos sobre pecados: cigarro, bebida alcoólica e açucarados. Deram esse nome porque, por exemplo, se o cara que fuma muito vai ter câncer de pulmão, tuberculose, enfisema e, lá na frente, vai ter de gastar com o tratamento, entrar no sistema de saúde. Então coloca um imposto sobre o cigarro para ver se as pessoas fumam menos", disse Guedes em evento no Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos.

Segundo dados de 2018 compilados pelo Ministério da Saúde, 1 em cada 5 brasileiros é obeso — recorde no país.

A ideia da equipe de Guedes é aproveitar a reforma tributária para fazer a modificação.

O objetivo do governo na reforma é promover a simplificação, reduzindo o número de alíquotas e classificações, bem como as exceções às regras. Como exemplo, o IPI, imposto federal que está na reforma, é um dos mais intrincados. O conjunto de regras chega a ocupar mais de 400 páginas.

O governo federal já decidiu que não vai elaborar sua própria reforma tributária, mas enviar sugestões aos projetos que já estão tramitando na Câmara e no Senado.

As duas propostas que estão nas casas já preveem, além do IBS (imposto único sobre o consumo parecido com o IVA), um imposto seletivo para desestimular o consumo de produtos como cigarro, bebidas alcoólicas e armas. A novidade é a inclusão de produtos com açúcar.

Tributação sobre doces é uma nova discussão global. O Reino Unido foi um dos países que adotou o imposto sobre produtos com açúcar, em 2018, com amplo apoio da comunidade médica. O efeito da tributação tem sido avaliada como positivo, mas ainda faltam evidências científicas que mostrem seu efeito para a saúde. Outros países europeus e estados americanos debatem a adoção da taxa.

No Senado brasileiro, já tramita um projeto de lei do senador Rogério Carvalho (PT-SE) para aumentar a tributação especificamente de bebidas açucaradas, apontadas por estudos médicos como corresponsáveis pelo aumento da obesidade e doenças dela derivadas.

Por: Alexa Salomão e Luciana Coelho/Folhapress

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Família raspa cabelo em solidariedade a adolescente com câncer, na Paraíba


Quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
Vitória Araújo recebeu diagnóstico de leucemia com 16 anos.
Vitória e as irmãs rasparam o cabelo após diagnóstico de leucemia, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
No início, Vitória Araújo sentia apenas cansaço. Depois percebeu que a gengiva estava sangrando. Fez exames em um dia e, no outro, desmaiou em casa. Em seguida, veio o diagnóstico: leucemia, com apenas 16 anos. Para acolher a adolescente, que recebeu a notícia tão cedo, toda a família de Vitória raspou o cabelo junto com ela.

"Eu agi naturalmente, nem parecia que estava recebendo aquela notícia, todo mundo ficou surpreso com minha reação. É assim que encaro a vida", disse Vitória.

Assim que recebeu o diagnóstico, Vitória não voltou mais para casa. Ficou internada quatro meses no hospital e reagiu muito bem ao diagnóstico. Mas teve um apoio incondicional das cinco irmã.

"Elas ficaram comigo o tempo todo no hospital, desde os primeiros exames já estavam comigo, até hoje", declarou Vitória.
Família se uniu após diagnóstico de leucemia em Vitória, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
Depois de quase seis meses de tratamento, os cabelos de vitória começaram a cair. Na semana passada, ela pediu para a irmã mais velha raspar todo o cabelo de uma vez. Três dias depois, a surpresa: a irmã gêmea de Vitória apareceu em casa de cabelo raspado. As outras irmãs se empolgaram e fizeram o mesmo.

A tia também raspou o cabelo. E, por último, a mãe também entrou nessa rede de solidariedade com a filha. "Foi muito divertido, o processo principalmente. Fizemos vários cortes da moda para nos divertir", disse Adriana Aráujo, irmã de Vitória.

Adriana assumiu a tesoura e durante os cortes foram muitas brincadeiras. Ficar careca foi divertido. A surpresa das irmãs para Vitória, no entanto, não surpreendeu a mãe, Vanda Maria, que já esperava essa atitude das filhas. "Porque conheço elas, já sabia. São sempre unidas", ressaltou.

Todo o processo de tratamento da irmã está sendo encarado com muita leveza. "Isso para mim é um orgulho, ver uma família tão unida", disse Enéas José, pai de Vitória. O lema da família agora está claro: uma por todas, todas por uma.





Por: Por Laisa Grisi, TV Paraíba

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Venenos de vespas e escorpiões podem ajudar no tratamento da tuberculose

Segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
O veneno desses insetos (artrópodes) contém pedados de proteína, chamados de peptídeos, que têm ação antimicrobiana.
Em geral, a produção de medicamentos é investimento que exige longo prazo (Foto: Reprodução)
Pesquisa financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq) e desenvolvida pelo Instituto de Patologia e Medicina Tropical da Universidade Federal de Goiás (UFG) poderá criar alternativas de tratamento da tuberculose, a partir dos venenos do escorpião e das vespas. O veneno desses insetos (artrópodes) contém pedados de proteína, chamados de peptídeos, que têm ação antimicrobiana.

Esses peptídeos protegem vespas e escorpiões de contágios, porque se fixam na parede das bactérias e não permitem que haja troca de nutrientes com o meio externo e, assim, provocam a morte das bactérias. Os cientistas da UFG conseguiram modificar a proteína, aplicar em testes com camundongos para verificar o efeito sobre diversas doenças. Eles colheram bons resultados contra a tuberculose.

“Não tem como a bactéria montar um mecanismo de resistência”, assinala Ana Paula Junqueira Kipnis, coordenadora do projeto e professora do Instituto de Patologia e Medicina Tropical.

Segundo sua comparação, os outros antibióticos “têm que entrar na bactéria, interferir com enzimas no metabolismo para conseguir matá-la. A bactéria, no entanto, cria mecanismos para impedir a ação desses fármacos, jogando a droga para fora ou produzindo enzimas que quebram o remédio.”

A tuberculose é uma doença infecciosa, transmitida pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch, que propaga pelo ar após fala, espirro ou tosse das pessoas infectadas, atingindo principalmente os pulmões. A forma de prevenção da tuberculose em crianças é a vacina BCG (Bacillus Calmette-Guérin). O tratamento em pessoas infectadas é feito com quatro fármacos e observação direta. A vacinação e o tratamento são ofertados gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).

“No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais. A epidemia do HIV e a presença de bacilos resistentes tornam o cenário ainda mais complexo. A cada ano, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem cerca de 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose”, informa o ministério, acrescentando que o risco de adoecimento é maior entre pessoas de rua, pessoas que vivem com HIV/Aids, presos e indígenas.

Superbactérias e patentes
Os cientistas da UFG também descobriram que as substâncias contidas no veneno da vespa servem para tratar pessoas infectadas com superbactérias, como aquelas adquiridas em unidades de terapia intensiva em hospitais. De acordo com Ana Paula Junqueira Kipnis, essa é a primeira vez no mundo que se faz pesquisa com o veneno de vespa para desenvolvimento desse tipo de fármaco.

O eventual uso de novos fármacos a partir das pesquisas da UFG pode demorar até uma década. Além do depósito de patentes para registro e publicação dos resultados da pesquisa em revistas científicas, é preciso desenvolvimento de mais estudos que exigem parceria entre a universidade e empresas farmacêuticas. Antes de qualquer remédio poder ser utilizado em seres humanos, inclusive como teste, o medicamento deve ser submetido a testes clínicos exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em geral, a produção de medicamentos é investimento que exige longo prazo. Afora os testes, a indústria farmacêutica precisa custear a síntese que produz o peptídeo microbiano em laboratórios com capacidade de fabricação em massa, para eventual comercialização. O laboratório que venha a se associar para a produção do medicamento deverá fazer o respectivo registro para a venda.





Por: Agência Brasil

Em Caldas Brandão/PB, Secretária de Educação avisa que as aulas da Rede Municipal de Ensino iniciam em 05 de fevereiro; confira as orientações!

Segunda-feira, 20 de janeiro de 2020
Matéria do Portal Umari
A Secretaria de Educação do município de Caldas Brandão, localizado no agreste paraibano, que tem à frente a secretária Maria das Dores, popular Dodoia, avisa a todos os alunos que as aulas da rede municipal de ensino irão começar no dia 05 de fevereiro.

“Todas as unidades escolares estarão prontas para receber os alunos, professores e funcionários dando início às aulas, porque a prefeita Neuma Rolim tem sido um marco em sua gestão. Neuma vem cumprindo seu compromisso com a Educação municipal, beneficiando a população com reformas e construção de escolas além de buscar melhorias ao trabalho dos profissionais.” – disse a secretária ao repórter Carlos Alcides.

A secretária Dodoia enfatizou que ainda dá tempo os senhores pais de alunos, que ainda não efetuaram as matrículas de seus filhos na rede municipal de ensino, irem até a escola mais próxima de sua casa e efetuarem a matrícula de suas crianças.





Por: Portal Umari
 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T