ULTIMAS NOTICIAS

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Jovem fala sobre o drama de doença que a deixa excitada o tempo todo

Quarta-feira, 16 de agosto de 2017
Reprodução/Vídeo BBC 3
Quando tinha 13 anos, Amanda McLaughlin descobriu que sofria de um problema raro. A jovem foi diagnosticada em 2013 com desordem de excitação genital persistente, condição que faz com que ela se sinta constantemente excitada.

A doença pode afetar mulheres de todas as idades e apesar de parecer prazeroso, Amanda sofre com dores nas pernas e músculos pélvicos, muitas vezes a impedindo até de sair de casa.

“Quando eu tinha 13, 14 anos, percebi que havia algo de errado comigo. Mas ninguém deu atenção. E eu sempre dizia que queria sexo, queria orgasmo. Dos 15 aos 18, me masturbava muito mais do que uma garota normal da idade”, revelou à BBC.

Pouco se sabe sobre a doença e a esperança de Amanda é um tratamento novo que está sendo testado em Michigan, nos Estados Unidos. Segundo a doutora Priyanka Gupta, que está tratando o caso, há suspeitas de vários fatores que ocasionam a condição e que apesar de ainda não haver uma cura, ela e sua equipe desenvolveram uma série de tratamento que aliviam os sintomas.

Amanda afirma que muitas pessoas pensam ser fácil lidar com a doença sem saber o quanto o distúrbio é complicado. Ela conta com o apoio do noivo, Jojo, para controlar a situação. “As relações são muito difíceis de manter, ainda mais com esta doença. Mas o Jojo e eu estamos juntos há mais de um ano e ele nunca me julgou”.



Yahoo Vida e Estilo

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T