ULTIMAS NOTICIAS

quinta-feira, 28 de março de 2019

Município de Mari realiza reunião com Grupo de Trabalho e Produtores da Mandioca

Quinta-feira, 28 de março de 2019
O município de Mari, Zona da Mata Paraibana, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário – SMDEA – realizou na manhã deste domingo, 24, no salão Paroquial Bom Pastor, uma reunião com membros da Universidade Federal da Paraíba, Campus de João Pessoa e de Areia, representante da EMPAER e do SEBRAE, que fazem parte de um Grupo de Trabalho (GT) e produtores de mandioca, com o objetivo de discutir, formular e construir diretrizes e ações que irão fomentar um Arranjo Produtivo para a cultura da mandioca em Mari e região.
Após às boas vindas proferidas pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, Severino Ramo, e o Gerente de Recursos Naturais e Desenvolvimento Sustentáveis, Adelaido Pereira agradecendo a presença de todos os participantes, a reunião foi conduzida pelos representantes do IDEP – Instituto UFPB de Desenvolvimento da Paraíba, professor Carlos Alberto e pelo Professor Adailson Pereira, da UFPB – CAMPUS AREIA, além do representante do SEBRAE, João de Deus, os quais provocaram  uma discursão e reflexão entre os participantes, sobre os gargalhos e possibilidades para o desenvolvimento da cultura da mandioca, no município de Mari e Região. Esta ação é parte integrante do Projeto Propriedade Produtiva que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Mari.

Na reunião concluiu-se que os produtores irão se organizar de forma associativa visando incrementar mecanismo que possibilitem agregação financeira satisfatória na venda da mandioca e seus derivados. Além disso, foram feitos alguns encaminhamentos, e o Grupo de Trabalho irá se reunir no IDEP – UFPB, para construção da Linha Mestra do Projeto, que irá contemplar os anseios dos produtores da mandioca no município de Mari e região.
Ao final, ao agradecer a presença de todos, o Secretário da SMDEA, Severino Ramo, disse que é preciso ter um espaço para se organizar e buscar estímulos para crescer juntos, a exemplo dos grandes agrupamentos empresariais espalhados pelo mundo. “O associativismo, ao contrário do que muitos pensam, não é uma atividade recente. Há milhares de anos o homem descobriu a importância de viver em grupos. Para sobreviver, agrupou-se em pequenas tribos e, a partir daí, percebeu que ao fazer as coisas em conjunto conseguia melhor resultados pelos seus esforços. Juntos podemos identificar os problemas, suas necessidades, trocar informações e experiências, negociar com fornecedores, buscar soluções em conjunto e planejamento estratégico”, concluiu.





Fonte: Assessoria Prefeitura de Mari

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T