ULTIMAS NOTICIAS

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Em Mari-PB: experimento do plantio de mandioca surpreende e gera perspectivas positivas de produção

Quarta-feira, 03 de março de 2019
A Prefeitura de Mari, zona da mata paraibana, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, em conjunto com a equipe do Centro de Ciências Agrárias/UFPB-Areia realizou a colheita no experimento de mandioca, na última sexta-feira, 29, na comunidade de Pirpiri. O Resultado foi surpreendente! Mesmo com a limitação das chuvas registradas no ano passado, naquela região, a produtividade foi extraordinária. Os profissionais tanto da SMDEA quanto da UFPB-CAMPUS AREIA mostraram-se surpresos com a produtividade alcançada no experimento.
A colheita das raízes (arrancagem da mandioca) ocorreu com 11 meses contados a partir do plantio. Os resultados, segundo o Gerente de Agricultura da Secretaria Municipal, superaram as expectativas. Segundo ele, a média de cada pé de mandioca foi de 04 (quatro) quilos, o que representa uma produtividade impressionante, visto que se forem plantados 16 mil pés por hectares, chegar-se ia a tão cobiçada marca de 64 toneladas por hectares; marca alcançada por alguns produtores de mandioca do Estado do Sergipe, que trabalham com mesma variedade utilizada no experimento – a Quiriris. É importante ressaltar que a média de produtividade da mandioca município de Mari, hoje, gira em torno de 10 tonelada por hectare.
Realçamos, também, que o estudo do experimento desenvolvido pela secretaria, em parceria com a UFPB/CCA, EMPAER/SEDAP (e EMBRAPA orientação a distância), objetiva não só o aumento da produtividade, bem como o aumento na quantidade/qualidade do amido/massa/goma e na quantidade da substância Betacaroteno. Esta substância, uma vez ingerida, converte em vitamina A (retinol) ou agir como um antioxidante para ajudar a proteger as células dos efeitos nocivos dos radicais livres. 50% da vitamina A no corpo vem da ingestão de Betacaroteno.
Entusiasta do Projeto Propriedade Produtiva, que encampa várias outras ações voltadas ao desenvolvimento agropecuário no município de Mari, o secretário da SMDEA, Severino Ramos, eufórico, falou das avanços e metas a serem atingidas para melhorar a produtividade da cultura da mandioca em Mari e Região. “Nos próximos dias estaremos realizando um seminário – Mesa de Debates, com a participação de várias instituições que atuam na área da mandiocultura, inclusive, com a apresentação de projeto (elaborado pelo Instituto UFPB de Desenvolvimento – IDEP), com a finalidade de implantar um Arranjo Produtivo da Mandioca, no município de Mari e na região. Seis municípios, fora Mari, demonstraram interesse em participar do Arranjo Produtivo da Mandiocultura, e serão inseridos no projeto”, enfatizou.
Ainda, conforme o secretário Ramo, “a meta é triplicar a produtividade existente hoje no município/região; com a utilização de variedade de mandioca similar a Quiriris; com a doação de práticas para melhoria no manejo; a utilização de insumos apropriados; a utilização de mecanização do processo do cultivo da mandioca e a instalação de unidade de processamento e beneficiamento das raízes, com a produção de novos produtos derivados; além da articulação para o mercado consumidor local, região, estadual e nacional. Para pôr em prática essa estratégia de alavancar a cadeia produtiva da mandioca, iremos contar com o apoio efetivo de outros parceiros importantes, saber: Banco do Nordeste, SEBRAE, SENAI, SENAR/FAEP, SECOOP, AGENDA (ONG), as Associações dos produtores Rurais/Agricultores Familiares, entre outros que serão incorporados no decorrer do processo”, finalizou.





Fonte: Assessoria Prefeitura de Mari-PB

Perfil de ""

Formado em radialismo,Cursou A FUNETECE,Ensino médio Completo,E-mail: radialistasergiothiago@gmail.com.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T