ULTIMAS NOTICIAS

sábado, 28 de dezembro de 2019

Sancionada lei que vai punir incitação ao suicídio pela internet

Sábado, 28 de dezembro de 2019
Matéria da Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (27) a Lei 13.968/2019, que aumenta pena para quem incentivar o suicídio ou à automutilação de uma pessoa por meio da internet. Com a sanção da norma, aprovada anteriormente pelo Congresso, a pena para o crime de incitação ao suicídio, que varia entre seis meses a dois anos prisão, será dobrada se a conduta tiver ocorrido pela internet, rede social ou transmissão ao vivo.

A noma também prevê o dobro da pena se a incitação envolver menores de idade ou tiver sido praticada por “motivo egoístico, torpe ou fútil”. Se o crime for praticado contra menor de 14 anos ou contra quem não tem “necessário discernimento para a prática do ato”, a conduta será enquadrada como homicídio, cuja pena é de seis a 20 anos de prisão.

Neste ano, além da punição para quem estimula o suicídio e à automutilação pela internet, o governo federal também criou a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

A Lei nº 13.819, que instituiu o programa, estabeleceu que as escolas, tanto públicas como privadas, notifiquem aos conselhos tutelares toda suspeita ou ocorrência confirmada envolvendo violência autoprovocada. As unidades de saúde, por sua vez, ficam obrigadas a reportar os episódios às autoridades sanitárias. Com essa medida, o governo pretende manter atualizado um sistema nacional de registros detectados em cada estado e município, para que possa dimensionar a incidência de automutilação e suicídio em todo o país.





Por: Agência Brasil

Atual namorada de Hulk escreve carta para tia, ex-mulher do jogador

Sábado, 28 de dezembro de 2019
No texto, a sobrinha afirma que "as circunstâncias não me permitem dizer pessoalmente" e, por isso, optou pela carta.

Sobre o namoro, à Quem a assessoria de comunicação do craque do Shangai SIPG, time da China, disse que foi "o próprio Hulk que tornou pública a informação pois não precisa se esconder". (Foto: Reprodução/Instagram)

Camila Ângelo, 31 anos de idade, atual namorada do jogador Hulk, 33, escreveu uma carta para a tia, Iran Ângelo, ex-mulher do jogador. A colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, divulgou a mensagem nesta sexta-feira (27).

No texto, a sobrinha afirma que "as circunstâncias não me permitem dizer pessoalmente" e, por isso, optou pela carta. Ela afirma que é "muito difícil encarar tudo isso" e que não imaginava que o relacionamento com Hulk pudesse acontecer. "A gente não manda no coração, ninguém está imune ou isento de viver o maior dos sentimentos", diz.

“Tia Iran, primeiro quero te dizer que essa mensagem não é uma explicação ou justificativa de nada. Precisava vim aqui te falar algumas coisas que, infelizmente, as circunstâncias não me permitem dizer pessoalmente. Apesar de ser irrelevante pra você nesse momento, mas eu te amo muito e me importo com você, por esse motivo estou falando aqui.

Quero muito que você saiba coisas que talvez todas as pessoas irão falar diferente, mera especulações, mas na verdade eu não as julgo porque quem está de fora não sabe absolutamente nada e na grande maioria das vezes só querem que a situação seja pior. Dentre tudo preciso que saiba que nunca quis viver a sua vida, ou tive inveja de algo que você viveu,pois sei que é o que vai se passar na sua cabeça e de todos.

Está sendo muito difícil encarar tudo isso, mas eu não o faria se não fosse verdadeiro, não queria que fosse assim... juro ... nunca imaginei que poderia acontecer, mas a gente não manda no coração, ninguém está imune ou isento de viver o maior dos sentimentos.

Acho importante que saiba também que aconteceu agora nessa minha última viagem à China, nunca, jamais foi de antes. Não sei se você ainda consegue me enxergar assim, mas sempre tive o maior respeito por ele e sempre foi recíproco.

Outra coisa: em nenhum momento utilizei de alguma informação sobre o andamento da partilha para beneficiá-lo. Sei que você percebeu o meu distanciamento, que foi julgado muitas vezes como uma frieza no meu comportamento, mas acontece que eu não queria saber de nada justamente para que agora não houvesse comentários de que eu estaria levando conversas familiares. Sempre me mantive imparcial até porque esse é um problema apenas de vocês e na verdade torço para que seja breve e termine tudo bem!

Eu sinto muito por tudo, se eu pudesse escolher, não estaríamos passando por isso, mas a vida não gira da forma que imaginamos. Ele me mostrou que não havia mais chances de uma possível volta e por isso nos permitimos viver esse sentimento que vivia incubado dentro nós e despertou agora. Não cai uma única folha sem a permissão de Deus... e assim nós vamos seguir os planos dele.

Despeço-me de você com lágrimas nos olhos, porque tenho um carinho enorme... você é forte, cristã, guerreira, mãezona... eu te admiro MUITO e isso nunca vai mudar independente do que você venha a pensar ou falar de mim... respeito seu momento.

Perdoe-me se te fiz sofrer... saiba que está doendo muito mais em mim que em você.

Eu te desejo do fundo do meu coração... toda felicidade do mundo, até muito mais que o desejo a mim mesmo. Recordarei sempre com carinho de tudo que vivemos.

Que Deus te abençoe grandemente!”

SEPARAÇÃO
De acordo com informação da assessoria do jogador à coluna "a decisão de separação litigiosa aconteceu em agosto. A separação foi em julho. Hulk chamou Iran e disse que daria a ela tudo que ela tem direito. Mostrou suas contas bancárias (extratos) e transferiu para a conta dela mais de 100 milhões de reais. Tudo isso está documentado. Registrado. E assinado. Hulk colocou na mesa Tudo isso foi antes do início do relacionamento de Hulk com Camila, que começou no final de outubro. O próprio Hulk comunicou os pais da Camila no sábado, dia 21. Foi por causa da comunicação que a Iran ficou sabendo. O Hulk fez tudo com a absoluta transparência".

Iran estaria ainda dificultando o acesso de Hulk aos três filhos, Ian, de 10, Tiago, de 8, e Alice, de 6. O convívio do pai com as crianças teria sido determinado pela Justiça.

À Quem a assessoria de comunicação do craque do Shangai SIPG, time da China, disse que  foi "o próprio Hulk que tornou pública a informação pois não precisa se esconder".  "Ele falou a verdade e comunicou a família. Ambos iniciaram o namoro em outubro (...) Sua posição é transparente. Para evitar mentiras e comentários maldosos. Lembrando que o casamento de Hulk terminou em julho. A Camila também já está separada há muitos meses. No mesmo sábado, ele comunicou sua família e seus filhos", dizia o comunicado.





Por: Quem

População da Paraíba será vacinada contra febre amarela a partir do ano que vem

Sábado, 28 de dezembro de 2019
De acordo com cronograma divulgado no Diário Oficial do Estado, população de nove meses até 59 anos de idade será imunizada até o fim de 2021.
Febre amarela é transmitida pelo Aedes aegypti (Foto: Reprodução)
Toda a população da Paraíba, dos nove meses até os 59 anos de idade, deverá ser imunizada contra febre amarela até o fim de 2021. É o que consta no Plano de Implantação da Vacina de Febre Amarela, divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (27).

A publicação considera que a Paraíba possui um corredor ecológico de risco para possível introdução da febre amarela silvestre, que é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que também transmite dengue, zika e chicungunha. Entre estas, a febre amarela é a única que possui uma vacina eficaz.

O plano divulgado no DOE possui um cronograma dividido em etapas. Em 2020, serão vacinadas crianças de nove meses a menores de cinco anos. Em 2021, serão vacinadas pessoas nas faixas etárias de 5 a 14 anos, depois de 15 a 24 anos, de 25 a 39 anos e de 40 a 59 anos, nessa ordem.

Veja o cronograma:





Por: Click PB

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Hulk diz que ofereceu R$ 100 milhões e 40 imóveis à ex após separação

Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
De acordo com a assessoria, Iran não aceitou e preferiu ir para uma separação na Justiça. Atualmente, eles se falam por meio dos advogados.
A Justiça determinou que os três filhos passassem o Natal com o pai. (Foto: Reprodução)
O jogador paraibano Hulk disse, por meio de sua assessoria à Coluna de Leo Dias nesta quinta-feira (26), que ofereceu à ex-mulher Iran Ângelo um depósito de R$ 100 milhões e deixou a ex escolher metade dos 80 imóveis de propriedade dele, com o intuito de terminar o casamento de forma amigável.

"A decisão de separação litigiosa aconteceu em agosto. A separação foi em julho. Hulk chamou Iran e disse que daria a ela tudo que ela tem direito. Mostrou suas contas bancárias (extratos) e transferiu para a conta dela mais de 100 milhões de reais. Tudo isso está documentado. Registrado. E assinado. Hulk colocou na mesa os documentos de 80 imóveis que ele tem e disse para ela escolher a metade", esclareceu a assessoria do jogador.

De acordo com a assessoria, Iran não aceitou e preferiu ir para uma separação na Justiça. Atualmente, eles se falam por meio dos advogados.

Além de recusar o acordo, a ex-mulher teria criado dificuldades para que o jogador visse seus filhos Ian, Tiago e Alice, fruto da união de 12 anos do casal.

"Ele teve que entrar na Justiça para que pudesse determinar as datas que ele pudesse ficar com os filhos", afirmou a assessoria do jogador.

A Justiça determinou que os três filhos passassem o Natal com o pai.

Sobre o relacionamento com Camila Ângelo, sobrinha de Iran, a assessoria conclui afirmando que não há nenhuma relação com a separação litigiosa, que já vinha desde agosto.

"Tudo isso foi antes do início do relacionamento de Hulk com Camila, que começou no final de outubro. O próprio Hulk comunicou os pais da Camila no sábado, dia 21. Foi por causa da comunicação que a Iran ficou sabendo. O Hulk fez tudo com a absoluta transparência. Hulk comunicou a família da Camila do início do namoro. Depois chamou os três filhos e comunicou. Como disse que faria quando ele começasse a namorar alguém. Portanto ele comunicou quem deveria comunicar", concluiu a assessoria.





Por:Click PB

De folga, Lívia Andrade posta foto com biquíni e exibe bumbum perfeito

Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
Matéria do Site Paraíba.com
Lívia Andrade (Foto: Reprodução / Instagram)
A apresentadora Lívia Andrade está aproveitando uma folga na agenda para descansar na cidade de Salvador, na Bahia. A musa compartilhou uma imagem com seus seguidores no Instagram, onde aparece com um biquíni fio-dental dentro da água do mar.

Com bom humor, Lívia escreveu como legenda do clique: “Look do dia. Ah, gente é isso, sem frases bonitas porque não combina!…

A foto logo chamou à atenção dos internautas, que elogiaram a performance de Lívia. “Bumbum bonito”, postou um. “Esse é o tipo de mulher que come carne de pavão… Maravilhosaaaaa”, postou outro.





Por: Paraíba.com

Jovem é pega tentando entrar na Colônia Penal com droga escondida nas partes íntimas

Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
Matéria do Diário do Sertão
Drogas encontradas. Foto: Diário do Sertão
Uma jovem de 20 anos foi pega em flagrante, tentando entrar na Colônia Penal de Sousa, no Sertão do estado, com drogas escondidas em sua genitália.

Segundo informações da Polícia Civil, ela foi pega durante a revista com a substância semelhante a maconha, envolta em uma camisinha em sua vagina.

A droga seria entregue ao seu namorado, um detento de 30 anos, durante a visita.

Ela acabou presa e conduzida para a delegacia de Polícia Civil, onde foram  adotadas as medidas que requer a Lei.

É CRIME
Configura o tráfico ilícito de drogas, a conduta de trazer consigo substância entorpecente, sem autorização legal, para qualquer finalidade, conforme previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006.

Conforme determina a legislação, será o condenado por tráfico de drogas a pena de reclusão de 03 a 15 anos, sendo o seu cumprimento desde já em estabelecimento de segurança máxima ou média.





Por: Diário do Sertão

Mega da Virada tem prêmio estimado em R$ 300 milhões

Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
Sorteio será realizado no dia 31 e as apostas serão encerradas às 18h do mesmo dia
Apostadores fazem jogos para a Mega da Virada (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Quem sonha em começar 2020 milionário pode tentar a sorte com a Mega da Virada. Este ano, a expectativa é de que o prêmio ultrapasse os R$ 300 milhões. O sorteio será realizado no dia 31 e as apostas serão encerradas às 18h do mesmo dia.

Ao contrário dos sorteios anteriores, a Mega da Virada não acumula. Pelas regras do concurso, se ninguém fizer as seis dezenas, o prêmio é pago aos acertadores da quina. Em 2018, 52 apostadores que fizeram a quina dividiram pouco mais de R$ 302 milhões.

A aposta simples custa R$ 4,50, mas quem fizer essa opção, segundo a Caixa, tem uma chance em 50 milhões de acertar as seis dezenas premiadas. Já os apostadores que puderem investir mais em um bilhete, aumentam muito as chances . A aposta de oito números, por exemplo, custa R$ 126, e as chances passam a ser de uma em 1,787 milhão de apostas.





Por: Agência Brasil

Servidores estaduais recebem salários a partir desta sexta-feira

Sexta-feira, 27 de dezembro de 2019
Nesta última etapa do calendário de pagamento de fim de ano, serão injetados R$ 315 milhões na economia.
Ao todo, em um período de 30 dias, o Governo do Estado injetou na economia paraibana R$ 978 milhões (Foto: Walla Santos)
O pagamento da folha de dezembro dos servidores estaduais começa nesta sexta-feira (27), quando recebem inativos e pensionistas. Já na segunda-feira (30), será efetuado o pagamento dos servidores da ativa, incluindo da administração direta e indireta.

Nesta última etapa do calendário de pagamento de fim de ano, serão injetados R$ 315 milhões na economia.

Ao todo, em um período de 30 dias, o Governo do Estado injetou na economia paraibana R$ 978 milhões, incluindo o pagamento da folha de novembro, a segunda parcela do 13º salário e a folha de dezembro.

No Programa “Fala Governador”, transmitido na segunda-feira (23) em rede estadual de rádio, o governador João Azevêdo destacou a importância dos recursos para a economia paraibana.

“Pagamos, em 30 dias, a folha de novembro, pagamos a segunda parcela do décimo terceiro, e pagaremos agora, nos dias 27 e 30, a folha de dezembro. Tudo isso injeta na economia valores significativos”, disse, ressaltando a relação entre a folha de pessoal em dia e indicadores como o saldo positivo de empregos registrado na Paraíba no mês de novembro, assim como o pagamento do abono natalino do Bolsa Família e dos Prêmios Escola de Valor e Mestres em Educação.





Por: Click PB

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Geisy Arruda mostra bumbum e avisa: "Esperando o boy chegar"


Terça-feira, 24 de dezembro de 2019
Modelo ganha elogios pelo clique sexy
Geisy Arruda (Foto: Divugação)
Geisy Arruda, de 30 anos, posou de costas, mostrando o famoso bumbum, em um clique no Instagram nesta segunda-feira (23), no Instagram. Usando um body transparente modelo fio dental, ela avisou: "Esperando o boy chegar, espiando pela janela, brava com a demora...".

Geisy ganhou a já tradicional chuva de elogios com a imagem. "Musa, linda e maravilhosa", suspirou um seguidor. "Me convida que chego já", disse um fã  mais animado. "Queria ser esse boy", avisou um terceiro.





Por: Quem Acontece

João descarta ilegalidade na gestão: “Não tem continuidade de corrupção”

Terça-feira, 24 de dezembro de 2019
Matéria do PBAgora
“Nesse governo não houve e não terá qualquer compromisso com nada ilegal da minha parte”. Essa foi uma das afirmações dadas nesta segunda-feira (23), pelo governador João Azevêdo (PSB) ao rechaçar insinuações sobre continuidade de corrupção na atual gestão estadual, na Paraíba.

Segundo João, a continuidade diz respeito apenas ao andamento de obras e trabalho e não dos atos ilícitos. Ele ainda deixou claro que sua responsabilidade com o governo começou em janeiro de 2019 e se estenderá até 31 de dezembro de dezembro de 2022, não tendo ele qualquer relação com o que foi constatado em 2018.

“Sobre a continuidade. É importante a gente fazer uma leitura. As declarações daquele cidadão lá dizendo que teria continuidade, aquilo foi em 2018, ou seja, não houve nenhuma consideração sobre o que efetivamente aconteceu em 2019. E o que aconteceu agora foi o que mostrei, e isso é suficiente para mostrar que nesse governo não tem continuidade de corrupção, nesse governo nós não iremos de forma nenhuma compactuar com qualquer desvio de recursos, tanto que nós tomamos todas as medias. Talvez essas medidas tenham desagradado muita gente e esse é outro problema que não me cabe aqui entrar em detalhes. Portanto nesse governo não houve e não terá qualquer compromisso com nada ilegal da minha parte”, ressaltou.

As declarações aconteceram durante entrevista coletiva no Palácio da Redenção.





Por: PB Agora

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Professor Trindade: Você pode aprender Português lendo a Bíblia

Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
Matéria do Portal Correio
Professor João Trindade (Foto: Portal Correio)

Considerada por muitos como “livro sagrado”; por outros como uma “grande obra de ficção”, a Bíblia encanta, não só pela diversidade de metáforas e imagens, pela perfeição do estilo, bem como pela correção da linguagem. Não é à toa que os maiores autores da literatura brasileira, entre eles os declaradamente ateus Graciliano Ramos e Machado de Assis, citavam-na como a maior obra que já haviam lido e como “livro de cabeceira”.
A seguir, trechos dela, analisados à luz do nosso idioma:

Mateus 1.18:
“Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se juntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo.”

Esse versículo nos faz observar o seguinte: Após dois pontos, usa-se letra maiúscula se a pessoa vai começar novo segmento semântico (novo bloco de ideias), e minúscula se o pensamento após os dois pontos é uma continuidade do anterior. Por isso, no trecho citado se usou letra maiúscula após os dois pontos. Usaríamos letra minúscula se disséssemos, por exemplo: Ontem à noite, próximo à lagoa, foram cometidos dois pequenos furtos: um em frente ao Bompreço e outro em frente ao edifício Viña Del Mar.

Observamos, ainda no segmento, a presença de um aposto explicativo: Maria, “sua mãe”. “Sua mãe” está explicando quem é Maria em relação a Jesus. As vírgulas foram usadas porque se usa vírgula para isolar o aposto explicativo. Desposada significa casada.

Idem, 1.19:
“Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la, secretamente.”

“Seu marido” é, também, aposto explicativo; está explicando quem é José em relação a Maria. Conforme já se disse, usa-se a vírgula para isolar o aposto explicativo. A oração “como era justo” equivale a porque era justo; é uma adverbial causal. Como está deslocada (no meio da principal) teria que ser isolada por vírgula. Infamar é atribuir má fama. Intentar, no texto, significa ter intenção. “La” é objeto direto de deixar. Deixá-la tem acento porque as formas verbais combinadas com pronome resultantes em oxítonos devem seguir a regra destes. ‘Secretamente’ é adjunto adverbial de modo.

Idem 1.20:
“E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo.”

As vírgulas depois do ‘E’ e de ‘isto’ estão isolando a oração adverbial deslocada (reduzida de gerúndio) “projetando ele isto”. Note que a causa das vírgulas não é o conectivo E, mas sim o fato de a oração estar deslocada. A rigor, a expressão “em sonho” deveria vir isolada por vírgula, por ser um adjunto adverbial; no entanto, quando o adjunto adverbial é curto, admite-se descartar a vírgula. A vírgula antes de “dizendo” existe porque separa a oração anterior da oração adjetiva reduzida dizendo (= o qual disse). A forma “não temas” está na segunda pessoa do singular do imperativo negativo, que usa como suporte o presente do subjuntivo (que eu tema, que tu temas…). O sujeito, aí, está oculto. Não temas (tu).

“Não temas receber a Maria”. Na verdade, o verbo receber, no contexto, é transitivo direto: receber Maria. O narrador, por uma questão estilística, preferiu colocar a preposição A, dispensável. “Maria” é objeto direto preposicionado.

Idem 1.21:
“E dará à luz um filho e chamará o seu nome Jesus; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.”

“Dará à luz um filho”. O verbo dar, nessa construção, é transitivo direto e indireto. Temos “um filho” como objeto direto e “à luz” como objeto indireto. É interessante notar que após Jesus colocou-se ponto-e-vírgula. Poder-se-ia ter colocado vírgula. A questão é estilística: Dando uma pausa maior, o narrador deu mais ênfase à ideia de que Jesus salvaria seu povo dos pecados. O segundo “seu” seria dispensável.” Chamará” tem acento gráfico por ser uma palavra oxítona terminada em A. são acentuados os oxítonos terminados em A(s),E(s), O(s), ÉM, ÉNS. Na mesma regra se enquadra dará.

Idem 1.22:
“Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz;”

Aqui tivemos, no mesmo período, as vozes passivas sintética e a analítica. “Para que se cumprisse” é uma sintética que equivale à analítica “fosse cumprido”. O SE, nesse caso, é pronome apassivador. “O que foi dito” é analítica que equivale à sintética “o que se disse”. O sujeito de “aconteceu” é tudo isso. “Profeta” é agente da passiva de foi dito. O agente da passiva é acompanhado de preposição; no caso, a contração pelo.

Idem, 1.23:
“Eis que a virgem conceberá, e dará a luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, que traduzido é Deus conosco.”

Gramaticalmente, não deveria haver vírgula depois de conceberá, porque a virgem é sujeito de ambas as orações (conceberá e dará à luz). Por uma questão estilística, porém, o narrador usou um polissíndeto (repetição insistente de uma conjunção) para dar maior ritmo ao texto e ênfase ao pensamento. É uma construção equivalente àquela famosa frase do poema bilaqueano: “Trabalha, e teima, e lima, sofre, e sua…”. A segunda vírgula, sim, deveria existir, porque o sujeito da oração que se inicia com chamá-lo-ão já é outro (indeterminado). Na forma chamá-lo-ão, temos uma mesóclise (colocação do pronome no meio do verbo). Usa-se a mesóclise com os verbos no futuro do presente e futuro do pretérito. No caso, usou-se o futuro do presente (chamá-lo-ão).

1.24:
“E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher.”

“Despertando do sono” está entre vírgulas porque essa é uma oração adverbial temporal, reduzida de gerúndio, deslocada. Não deveria haver vírgula depois de ordenara, porque José também é sujeito de recebeu. Ordenara está no mais que perfeito do verbo ordenar. O mais que perfeito tem a desinência RA (RE) átonos (cantara, bebera, partira). A desinência RA (RE) tônicos caracteriza o futuro do presente (cantarei, cantarás…). A desinência RIA caracteriza o futuro do pretérito (cantaria, cantarias…). “Como o anjo do senhor lhe mandara” (= conforme o anjo mandara) é oração subordinada adverbial conformativa (= ideia de conformidade). Não havia necessidade do artigo “a” antes da expressão a sua mulher.

1.25:
“E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.”

E não a conheceu. “A” é objeto direto de conheceu. “Não”, morfologicamente, é advérbio de negação e, sintaticamente, adjunto adverbial. “Seu” é pronome possessivo. “Primogênito” tem acento porque é palavra proparoxítona e todas são acentuadas. “Pôs” tem acento por ser monossílabo tônico terminado em o, seguido de S. São acentuados os monossílabos tônicos em A(s), E(s) e O (s). “Não a conheceu” é uma figura de linguagem chamada eufemismo (Usa-se para abrandar determinada expressão). O narrador usou “não conheceu” para não dizer manteve relações sexuais.





Por: Portal Correio

Com permanência de Gabigol encaminhada, Flamengo tem outros dois nomes certos para 2020


Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
Matéria do Fox Sports
(Foto: Divulgação / Flamengo / Alexandre Vidal)
O ano de 2019 é passado para o Flamengo. Após quatro títulos e ainda um vice-campeonato mundial na grande final diante do Liverpool, o Rubro-Negro ainda espera fazer um próximo ano ainda melhor no futebol brasileiro e mundial. Mesmo com um elenco recheado de grandes nomes, o Flamengo tem dois reforços garantidos para a próxima temporada.

O atacante Pedro Rocha e o zagueiro Gustavo Henrique ainda não foram oficializados pelo time carioca, mas têm acordos encaminhados com o Flamengo e vestirão a camisa rubro-negra na próxima temporada. O FOXSports.com.br acompanha de perto as negociações do Flamengo. Na última semana, a reportagem apurou a negociação do Rubro-Negro com o atacante Pedro Rocha. Com uma oferta e um projeto melhores do que os do Palmeiras, o Flamengo levou a melhor e contará com o atacante para 2020.

A informação foi confirmada por Paulo Vinícius Coelho, comentarista dos canais FOX Sports, com Paulo Pelaipe, dirigente do Flamengo. Outro nome que está garantido na Gávea em 2020 é o do zagueiro Gustavo Henrique. Até então na mira de times como Corinthians e Palmeiras, o defensor comporá o elenco do Flamengo e deve suprir a saída de Rhodolfo, que é sondado por times como Coritiba e Corinthians para 2020.

Por outro lado, talvez o reforço mais desejado pela torcida do Flamengo seja a permanência de Gabriel Barbosa. Em entrevista a Benjamin Back, durante o FOX Sports Rádio da última quarta-feira, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, falou que existe uma situação encaminhada com a Inter de Milão para a compra definitiva do centroavante. Com isso, Gabriel deve ser mesmo garantido no time carioca para 2020.





Por: Fox Sports

Morre aos 85 anos Bira, baixista carismático do Sexteto de Jô Soares

Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
Matéria do site R7
Foto: Reprodução
Morreu na manhã deste domingo (22), aos 85 anos, o músico baiano Ubirajara Penacho dos Reis, mais conhecido como Bira do ‘Programa do Jô’.

Carismático e dono de uma risada famosa, Bira foi durante anos baixista do Sexteto de Jô Soares na TV.

O músico foi a óbito em decorrência de uma parada cardíaca, dias após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A família de Bira agradece o carinho de todos.





Por: R7

Mister lamenta perda do título, mas se orgulha de atuação


Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
Matéria do FolhaPress
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Durante a entrevista coletiva após a final do Mundial de Clubes, o técnico do Flamengo, Jorge Jesus, foi avisado por um jornalista que seria condecorado com a Ordem do Infante Dom Henrique por iniciativa do presidente português Marcelo Rebelo de Sousa.

A honraria foi criada, segundo o governo lusitano, para ser oferecida a quem prestou serviços relevantes a Portugal mesmo que no exterior.

É consequência da febre a respeito do treinador e do Flamengo que tomou Portugal. Os jogos do clube passaram a ser transmitidos no país. O treinador disse saber que crianças usam camisas do clube carioca nas ruas portuguesas.

A questão para ele é o que vem pela frente nos próximos meses. Seu contrato com o Flamengo termina em maio e a diretoria acredita que ele vai permanecer. Porque o próprio Jesus acredita que seu elenco tem potencial para ser hegemônico no futebol em 2020.

“Dá para dizer que o Flamengo está no caminho certo. Temos todas as condições de manter a hegemonia do futebol brasileiro”, resumiu.

A equipe termina o ano com os títulos carioca, brasileiro e da Libertadores. Entre as competições domésticas, a única que escapou foi a Copa do Brasil, em que foi eliminada nas quartas de final.

Ele descartou qualquer desgaste físico de sua equipe em relação ao Liverpool, especialmente na prorrogação. Isso apesar de o Flamengo ter feito 74 jogos oficiais na temporada, contra 55 do Liverpool.

“Essa é a realidade do nosso calendário e não há o que fazer. Mas dentro de campo eu vi a equipe superando qualquer dificuldade e a sensação que fica para nós, jogadores, é ter feito tudo o que era possível”, opinou Diego, que mais uma vez entrou durante o segundo tempo mas, ao contrário da final da Libertadores e da semifinal do Mundial, não conseguiu fazer a diferença.

Este foi um discurso padrão do grupo flamenguista. A questão física não fez diferença. Eles preferiram ressaltar o futebol mostrado pela equipe contra o campeão europeu e agora Mundial.

“Não faltou nada. Jogamos bem, criamos chances e poderíamos ter vencido. Não vamos ter qualquer arrependimento do que fizemos em campo. O time deles é muito bom. Mas o nosso também é”, disse Bruno Henrique antes de ir embora carregando o troféu de segundo melhor jogador do Mundial.





Por: FolhaPress

Estudo brasileiro poderá resultar em ferramenta de combate ao câncer

Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
Estudos poderão, no futuro, desenvolver uma ferramenta efetiva para a destruição de células cancerígenas
Linha de pesquisa foi o desenvolvimento de sistema de transporte de fármacos (Foto: Divulgação/Sociedade Brasileira de Mastologia)
Estudos preliminares feitos por um grupo de 11 pesquisadores brasileiros, coordenado pela professora do Departamento de Química Inorgânica da Universidade Federal Fluminense (UFF), Célia Machado Ronconi, poderão resultar, no futuro, em uma ferramenta efetiva para a destruição de células cancerígenas.

Os estudos in vitro (em laboratório) utilizaram células de câncer de mama de uma mulher de 69 anos, em parceria com o Instituto Nacional do Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca). A linha de pesquisa foi o desenvolvimento de sistema de transporte de fármacos, utilizando a doxorrubicina, um fármaco tóxico usado para vários tipos de câncer. “A gente sabe que os fármacos de câncer não são seletivos. Eles atacam tanto a célula tumoral quanto a sadia”, disse Célia Ronconi.

A ideia do grupo foi desenvolver um mecanismo em que o fármaco só fosse liberado na presença da célula tumoral, “para ver se o protótipo ia funcionar”. Foi desenvolvida então uma espécie de reservatório em escala nanométrica, no qual foi colocado o fármaco (doxorrubicina). “Aí, a gente tampa esse reservatório como se fosse uma válvula mesmo”, explicou Célia. Os pesquisadores usaram um composto grande para cobrir totalmente a superfície do reservatório.

PH ácido
Célia Ronconi informou que o fármaco não vaza. Ele fica preso dentro do reservatório. Quando ele encontra um PH mais ácido – como o das células de câncer, que varia entre 4.5 e 5.5, a tampa do nanorreservatório é liberada. “Na superfície desse material, nós colocamos grupos que reagissem a esse PH mais ácido, de maneira que a tampa se soltasse”. Em uma linguagem mais simples, isso quer dizer que a tampa só abre quando o meio está ácido, ou seja, quando ele chega à célula tumoral.

Os ensaios in vitro, em que os pesquisadores cresceram as células isoladas de câncer, resultaram em estudos de viabilidade celular, para ver o quanto esse dispositivo, carregado com o fármaco, seria tóxico para essas células. “Deu um resultado bem surpreendente. A gente conseguiu redução de 92% na viabilidade celular. Ou seja, ele matou 92% das células de câncer de mama”. Célia Ronconi chamou a atenção para o fato de que o fármaco usado puro, na mesma concentração, matou só 70% dessas células. “O nosso sistema foi mais tóxico, carregado com o fármaco”. Puro, o fármaco apresentou baixa toxicidade. Os pesquisadores pretendem investigar porque o efeito é maior do fármaco no nanorreservatório do que o fármaco puro.

Ensaios in vivo
A próxima etapa da pesquisa deverá ser iniciada em 2020 e envolve não só ensaios com células sadias, mas também in vivo, isto é, com animais, usando camundongos imunodeficientes. Há ideia também de fazer ensaios com outros tipos de câncer. Célia afirmou que o resultado obtido até agora é muito promissor e anima os pesquisadores a seguir adiante com os estudos. Somente após a realização de todos os estudos, se poderá afirmar que o nanorreservatório poderá ser utilizado no tratamento de pacientes com câncer. “Ainda falta muita coisa para ser feita. Tem um protocolo a ser seguido”, lembrou. “Mas os resultados foram muito promissores”.

Na avaliação da coordenadora da pesquisa, a importância maior do nanorreservatório anticâncer é diminuir os efeitos que a droga causa, porque a droga não é seletiva. Ela vai tanto para as células sadias, quanto para as células de câncer. “A nossa ideia é fazer com que o reservatório só vá liberar o fármaco quando encontrar a célula de câncer. Eu projetei o reservatório só para abrir com PH ácido, que é o PH da célula de câncer”.

Tumores localizados
A pesquisa trabalha com a perspectiva de o nanorreservatório poder ser injetado no corpo humano para atuar em tumores mais localizados, onde liberaria seu conteúdo, que é o fármaco. Célia admitiu que isso pode ocorrer, “em princípio”. Mas insistiu que essa possibilidade ainda não foi estudada a fundo. “Haveria essa possibilidade. Mas não estudei isso ainda”.

A pesquisa levou aproximadamente dois anos e foi parte do trabalho de doutorado de Evelyn Santos, aluna da UFF. Um artigo sobre os resultados dos ensaios in vitro foi publicado pelo grupo pesquisadores na última semana, na revista britânica Journal of Materials Chemistry B, da Royal Society of Chemistry, sociedade fundada em 1848. O grupo reúne pesquisadores da UFF, do Inca e do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF). O estudo recebeu investimentos da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj).





Por: Portal Correio

Ministério Público revela que Flávio Bolsonaro diz ter lucro 82% superior ao declarado

Segunda-feira, 23 de dezembro de 2019
De acordo com o MP-RJ, Flávio disse ter retirado R$ 793,4 mil de receita nos três primeiros anos de atividade da loja de chocolates, inaugurada em 2015.
Os investigadores citam a “inexplicável desproporção na distribuição de lucros” da Bolsotini, “associada à coincidência do valor da diferença paga” a Flávio (Foto: Reprodução)
RIO - Além de receber quase o dobro dos lucros da Bolsotini Chocolates e Café em relação a seu sócio, o senador Flávio Bolsonaro (sem partido/RJ) declarou uma retirada de valores 82% acima do que a própria empresa relatou à Receita Federal, segundo investigação do Ministério Público do Rio.

De acordo com o MP-RJ, Flávio disse ter retirado R$ 793,4 mil de receita nos três primeiros anos de atividade da loja de chocolates, inaugurada em 2015. Só que a própria Bolsotini informou, em declarações de informações socioeconômicas e fiscais (DEFIS) relativas ao Simples nacional, que Flávio obteve, na verdade, R$ 435,6 mil no período. Segundo o MP, a Bolsotini não apresentou declaração de Imposto de Renda na mesma época.

A investigação também aponta divergências nas retiradas de Alexandre Santini, responsável por metade da sociedade com Flávio Bolsonaro. De acordo com os documentos, Santini declarou lucros de R$ 288,9 mil, valor mais de R$ 24 mil abaixo da transferência que a Bolsotini informou à Receita Federal.

Considerando os valores efetivamente retirados pelos dois sócios, o MP conclui que Flávio obteve quase R$ 500 mil a mais do que Santini nos três anos iniciais de atividade da loja. O valor equivale à cota de participação que deveria ter sido paga por Santini na empresa. Por outro lado, o MP não identificou aportes do sócio de Flávio até o fim de 2018.

Os investigadores citam a “inexplicável desproporção na distribuição de lucros” da Bolsotini, “associada à coincidência do valor da diferença paga” a Flávio Bolsonaro em relação a seu sócio, para reforçar a suspeita de que Santini “possa ter figurado inicialmente nos contratos como ‘laranja’”.

O MP aponta que o dinheiro da “rachadinha” — quando os funcionários são coagidos a devolver parte do salário ao parlamentar — foi lavado na loja de Flávio e em transação de imóveis. Ao todo, os promotores suspeitam que o filho “01” do presidente Jair Bolsonaro tenha injetado recursos ilícitos não declarados no total de R$ 2,27 milhões nesses dois meios.

De acordo com o MP, a loja apresentou uma diferença de R$ 1,63 milhão entre o faturamento auditado pela administração do shopping e o valor efetivamente recebido nas contas bancárias entre 2015 e 2018. Um aspecto inusitado na movimentação financeira da loja de chocolates chamou a atenção dos promotores: apesar de a Páscoa representar o pico de vendas do segmento, este aumento não refletiu nos depósitos em dinheiro na conta da empresa. Os registros indicam inclusive que, em outros meses, as quantias chegaram a ser maiores do que no período da Páscoa.





Por: O Globo

sábado, 21 de dezembro de 2019

Vasco negocia com Havan patrocínio para a temporada 2020


Sábado, 21 de dezembro de 2019
Matéria do MaisPB
O Vasco negocia patrocínio da Havan para a temporada de 2020.

O presidente cruzmaltino, Alexandre Campello, se reuniu na sede da rede de departamentos Havan, na semana passada, e os departamentos de marketing do clube e da empresa realizam ajustes finais para anunciar a parceria.

Inicialmente, o patrocínio será para as mangas da camisa vascaína, mas há a possibilidade de que a parceria se estenda para algo maior depois de uma reforma e ampliação de São Januário.

O possível patrocínio da Havan foi impulsionado após Luciano Hang postar em suas redes sociais a vontade de ampliar seus investimentos no futebol.





Por: MaisPB

RJ: Flávio Bolsonaro lavou R$ 638 mil, diz MP


Sábado, 21 de dezembro de 2019
Matéria do G1
Relatório do Ministério Público estadual afirma que o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) depositou R$ 638.400 em dinheiro vivo na conta de um corretor e assim ocultou o ganho ilícito com as chamadas “rachadinhas”.

De acordo com as investigações, os depósitos aconteceram em 27 de novembro de 2012 e tratam da compra de dois apartamentos em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Os imóveis pertenciam a investidores americanos. Um deles localizado na Avenida Prado Junior. Outro na rua Barata Ribeiro.

Enquanto a valorização imobiliária na região não ultrapassou 11%, Flavio Bolsonaro declarou um lucro de 292% na venda dos apartamentos em fevereiro de 2014.





Por: G1
 
Copyright © 2013 PORTAL CONTINENTAL
Design by | T